Com 400 jogos no comando e trabalho mais longevo do futebol brasileiro, o técnico Renato Portaluppi evitou falar sobre uma renovação com o Grêmio para a temporada 2021. A ideia é deixar a decisão apenas para depois do fim do Brasileirão e da Copa do Brasil.

As renovações de contrato geralmente são conduzidas pelo presidente Romildo Bolzan com Renato após uma conversa entre ambos. E isso deve ocorrer outra vez. O treinador ampliou o vínculo até o final de fevereiro e acumula quatro anos e cinco meses no comando do clube.

A intenção de Renato é deixar acabar a temporada para pensar no próximo passo. Quando houve o acerto para a renovação até o final da atual temporada, o presidente gremista já queria renovar o contrato para todo 2021. Foi o técnico que pediu para esperar.

– Não gosto de falar sobre o meu futuro, vocês me conhecem. Eu tenho uma amizade muito grande com o presidente Romildo. E na hora certa vou sentar e conversar e podemos resolver em três minutos, cinco minutos. Para ficar e ou para sair. Isso depende. Mas não quero falar sobre isso agora, minha cabeça está totalmente voltada para o Brasileiro e para a final da Copa do Brasil – despistou Renato.

Renato Portaluppi em empate do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato Portaluppi em empate do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O problema é que o início da temporada 2021 ocorre poucos dias após o final do Brasileirão, que acaba dia 24 de fevereiro. O treinador precisará de outro aditivo para ampliar o vínculo até o fim da Copa do Brasil, já que a segunda partida com o Palmeiras ocorrerá no dia 7 de março.

– Como o Renato disse é assunto que será tratado no encerramento do Brasileirão e Copa do Brasil. A permanência para a Copa do Brasil será de fácil resolução, depois ele e o presidente sentam e resolvem a situação — disse o vice de futebol Paulo Luz.

O treinador completou 400 jogos no comando do Grêmio no empate com o Coritiba. Desde setembro de 2016 no cargo, Renato conquistou a Copa do Brasil em 2016, a Libertadores em 2017, a Recopa em 2018, os Gauchões de 2018, 2019 e 2020 e a Recopa Gaúcha em 2019.



Veja também