Foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

Depois da vitória do Grêmio por 3 a 0 diante do Inter na tarde de sábado em pleno Beira-Rio, os jogadores que não atuaram foram ao gramado do CT Luiz Carvalho para treinar na manhã deste domingo. Entre eles, Ferreira, que não se mostrou 100% confiante para jogar o Gre-Nal. A ausência foi Villasanti, que se apresenta à seleção paraguaia.

Roger Machado já começou a preparação para o segundo clássico da semifinal do Campeonato Gaúcho. Por volta das 10h30, os atletas que não atuaram no Beira-Rio e os que entraram no segundo tempo se reapresentaram para um trabalho coletivo.

Ferreira vive um dilema para a partida da próxima quarta-feira. O jogador relatou dores para o treinador ao longo da semana passada e sequer ficou no banco de reservas no Gre-Nal. A dúvida é se será preservado por conta da vantagem no placar agregado ou se ficará à disposição caso não sinta mais a lesão.

O Ferreira treinou com a gente essa semana. O que gerou a dúvida da presença do Ferreira foi que no último treino aberto, que vocês (jornalistas) viram, ele estava presente. O atleta me relatava desconforto, sentia alguns movimentos travados, com resquício de dor do processo de cicatrização e isso pra mim é o mais importante. Foi melhor colocar um atleta 100% da questão clínica e confiança – explicou Roger após a vitória.

Titular no sábado, Villasanti é desfalque certo para quarta-feira. O volante paraguaio foi convocado por sua seleção para a disputa das duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar.

Neste domingo, o camisa 10 participou normalmente do aquecimento e depois do treino coletivo. Edilson, que compareceu na concentração para o clássico, também esteve presente nas atividades.

Roger dividiu o grupo de jogadores em dois times. A primeira equipe tinha jogadores reservas, mas que já tiveram mais oportunidades na temporada, inclusive com jogadores que entraram no Gre-Nal. Além de Ferreira, Orejuela, Janderson, Thiago Santos, Gabriel Siva, Benítez e Churín estavam na equipe.

No outro time, além de Edílson, que não pode atuar no Gauchão, a equipe foi composta por jogadores que receberam menos chances no ano, com exceção de Rildo, e oriundos da transição. Fora estes dois jogadores, Thiago Rosa, Sarará, Fernado Henrique, Frizzo, Pedro Lucas Vini Paulista e Wesley treinaram no time.

O grupo completo se reapresenta na tarde desta segunda-feira para continuar a preparação para o Gre-Nal de quarta. O Grêmio recebe o Inter na Arena, a partir das 22h15. O Tricolor pode até perder por dois gols de diferença que avança para a final do Gauchão.



Veja também