Com dificuldades, Grêmio empata em 2 a 2 com o Lajeadense na estreia do Gauchão

15 de janeiro de 2011 - Às 20:52



Com uma certa dificuldade em armar jogadas, o Grêmio teve muitas dificuldades no jogo. Com pouca preparação e cansaço antes do início do campeonato, os dois times usaram a bola aerea para ficarem no empate em 2 a 2 no Olímpico na estreia do Grupo 2 do Gauchão 2011. Os gols foram de Jonas e Rafael Marques para o Grêmio, e Rangel e Ramos, para os visitantes.


Gauchão – 1ª Rodada – Olímpico
Grêmio2 : 2Lajeadense
— Escalação —

Primeiro tempo tranquilo
O Grêmio começou o jogo partindo para cima. Logo aos 3 minutos, Junior Viçosa cruzou e Douglas apareceu livre dentro da área, de peixinho, o goleiro salvou. Dois minutos depois, Vilson recebe lançamento, dá dois cortes no zagueiro e chuta na rede, pelo lado de fora. 
O Lajeadense apenas pensava em se defender. Aos 15 minutos, Vilson pegou uma sobra na entrada da área e chutou raspando a trave do goleiro do Lajeadense. Aos 21, Jonas apareceu bem dentro da área driblando dois marcadores e batendo para boa defesa do goleiro. Aos 24, Adilson arriscou, mas para longe.

Aos 30 minutos, após bela tabela entre Jonas e Viçosa, o atacante Jonas bateu forte, alto, o goleiro Fernando fez milagre. Aos 38 minutos, enfim, o gol saiu. Rochemback cobrou falta, Rafael Marques subiu mais que a zaga e fez o gol. Jogada forte essa do Grêmio: bola aérea.
Aos 44 minutos, Gabriel avançou e tocou para Jonas, que devolveu de letra. O lateral cruzou na segunda trave para Viçosa, que tocou no meio para Jonas, tocar para o gol.

Apesar da dificuldade de criar jogadas no primeiro tempo, em duas boas jogadas, o Tricolor conseguiu marcar dois gols e já encaminhar a vitória.
Segundo tempo tranquilo demais e empate dos visitantes
O segundo tempo começou morno, sem chances. O Lajeadense até foi mais ao ataque, mas o Grêmio defendia bem e tentava os contra-ataques. 
Com o Grêmio muito tranquilo em campo, o Lajeadense aproveitou aos 21 minutos. Fábio Nunes deu grande passe em profundidade para Rangel, que na cara de Marcelo Grohe bateu no canto, sem chances para o goleiro.
Aos 30 minutos, Douglas cobrou falta e Rafael Marques, impedido, fez o gol, mas bem anulado pelo árbitro. No minuto seguinte, Jonas bateu rasteiro e o goleiro Fernando fez boa defesa.
Aos 39 minutos, Ramos recebeu cruzamento de escanteio, e desviou de cabeça, completamente livre.

O Grêmio sentiu o cansaço no segundo tempo e diminuiu bastante o pique do primeiro tempo.

Aos 45 minutos, o Grêmio ainda se livrou da derrota graças a Marcelo Grohe, que saltou no cantinho e espalmou bola chutada por Capixaba. Fim de jogo assim no Olímpico. Pouco mais de 15 mil torcedores no Olímpico.


Veja também