Com desfalques, Grêmio é derrotado pelo Coritiba

28 de julho de 2012 - Às 23:29
O Grêmio foi ao Couto Pereira enfrentar o Coritiba e acabou perdendo por 2 a 1, em uma partida bastante movimentada, porém de pouca criatividade do lado do Grêmio, que jogou com vários desfalques. O Grêmio pouco atacou e acabou sendo derrotado, acabando com a sequência de quatro jogos seguidos.
Foto: UOL – Editada Sangue Azul

O Grêmio começou a partida pressionando no campo de ataque. Elano bateu falta aos 30 segundos e o goleiro do Coxa teve que espalmar. A partida era bastante aberta, as duas equipes quando tinham a posse de bola, atacavam, mas sem criar grandes chances. O time da casa porém, era mais ofensivo.

Aos 11, Ayrton cobrou falta e Marcelo Grohe defendeu. O time do Coritiba defendia bem, não deixando o Grêmio nem sair para o campo de ataque, tentando os contra-ataques sem sucesso. O Coritiba fazia pressão no campo de defesa do Tricolor empurrado pela torcida.

O primeiro tempo acabou com o Coritiba pressionando o Grêmio, que bem postado na defesa não dava chances de gol para o time da casa.


No segundo tempo, Luxa tirou Zé Roberto e Elano devido terem sentido dores. Vilson e Marquinhos entraram no time. E foi de Marquinhos a melhor chance do Grêmio na partida até os 5 minutos, quando recebeu na área e bateu forte, na rede pelo lado de fora.


Aos 8 minutos, o Coritiba saiu em contra-ataque, e Gilberto Silva salvou o que seria o gol do time da casa. O Tricolor continuou na retranca, como no primeiro tempo e apenas tentava sair nos contra-ataques, mas não estava obtendo sucesso.


A partida esquentou aos 15 minutos. Ayrton cobrou falta forte, no meio do gol, o goleiro Marcelo Grohe não conseguiu defender e o Coxa abriu o placar. Na mesma moeda, na bola parada, o Grêmio buscou o empate. Após cruzamento de cobrança de falta, André Lima subiu livre e cabeceou no canto, para empatar o jogo.


Aos 22 minutos, Lincoln cobrou falta na área, Pereira desviou de cabeça e o goleiro Marcelo Grohe espalmou à escanteio. Aos 28, Vilson subiu de cabeça e quase virou o jogo. Aos 34 minutos, em lance polêmico, o Coritiba fez o gol, mas o árbitro anulou. Aos 38, Ayrton bateu falta novamente, mas desta vez Grohe defendeu.


E o Coritiba conquistou a vitória em mais um chute de fora da área. Aos 44 minutos, Leonardo recebeu livre na entrada da área, ninguém chegou na marcação e o jogador chutou no canto. O Grêmio não esboçou reação e o time da casa comemorou o resultado.


Veja também