Com boas atuações, Jaílson e Everton deixam vida de Roger ‘complicada’

Dupla Everton e Jaílson deixou Bolaños e Maicon, respectivamente, no banco contra o Figueirense

11 de julho de 2016 - Às 06:17
Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

Os jovens Jaílson e Everton tem tido boas atuações nos últimos jogos e com isso ‘complicaram’ a vida do técnico Roger quanto a escalação do time. O treinador já elogiou muito Everton, praticamente o garantindo como titular e o jovem Jaílson também segue o caminho. Mas, a situação de Jaílson em permanecer no time é mais difícil já que o capitão Maicon está apto a voltar:

— Eu não sei se eu vou deixar de escalá-lo (Jaílson). Tenho muita coisa para pensar em relação a isso. Ele é um jovem com futuro promissor grande. Tem que trabalhar quase que individualmente (com ele). Vai ter um momento que ele não vai estar tão bem, e vai ser criticado lá fora. Aí entra o treinador e o suporte de apoio para que ele consiga ter uma transição mais tranquila. Assim como pedem para permanecer, vão pedir que tire para botar outro. Não é surpresa para gente o Jaílson. Ele já vinha treinando muito bem desde o começo do ano. Tem alguns jogadores que não jogaram um minuto sequer no Brasileirão. E tem jogadores que a gente está queimando etapas, então tem que ter muito cuidado — apontou o comandante gremista.

Para a partida contra o Sport, Maicon volta ao time no lugar de Walace, que cumprirá suspensão devido a três cartões amarelos.

Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

Quanto ao ataque, o treinador lembrou que com a ida de Luan para a seleção Olímpica, Bolaños entrará no lugar e fará dupla com Everton:

— Eu não consigo escalar 12. Eu tenho que escolher, dentro das características e dentro do que nossa comissão pensa. Achar o que é melhor naquele momento. Jaílson entrou bem e aproveitou, Everton também. O Maicon é muito importante para mim, meu capitão. Mas não posso deixar de dar oportunidade aos meninos. Vou pensar na semana. Walace está suspenso, é uma dor de cabeça a menos que eu tenho. Eu tenho que tentar sempre deixar meu jogador motivado. O Luan vai para a seleção (olímpica) agora — completou.



Veja também