Lucas Uebel / Grêmio, DVG

A ausência de Renato Gaúcho faz falta ao grupo do Grêmio. Em entrevista coletiva após o treino deste domingo, o lateral-esquerdo Bruno Cortez admitiu “saudade” do comandante gremista. No Rio para o curso da CBF, o treinador retorna a rotina como técnico do clube a partir desta segunda no confronto contra o Veranópolis, às 20h, na Arena.

Na ausência do treinador, Victor Hugo Signorelli tem comandado as atividades – esteve a frente do time no empate sem gols contra o Brasil de Pelotas. Cortez elogiou o trabalho do interino, mas já sabe que Renato voltará “cheio de resenhas” do Rio.

– O Signorelli tá fazendo um excelente trabalho, foi uma semana muito boa, produtiva. Estamos com saudade do Renato, das resenhas dele. Todo mundo já sabe que vai voltar cheio de resenha – afirma.

Ao lado do auxiliar Alexandre Mendes, Renato permaneceu no Rio entre 15 e 24 de fevereiro para realizar o curso para obter a Licença A para treinadores. Mas para Cortez, foi o técnico do Grêmio quem distribuiu conhecimento.

– A CBF aprendeu mais com ele – brinca Cortez, rindo.

Como o duelo será o último antes da estreia na Libertadores – o time visita o Rosário Central em 6 de março –, o Grêmio irá com força máxima nesta segunda. A dúvida fica entre Marinho e Montoya.

– Sabemos que é um jogo importante, será difícil. Um jogo com o Grêmio é sempre diferente. O professor (Signorelli) passou um vídeo deles, é uma equipe que gosta de jogar, tem o mesmo estilo do Grêmio. Tem tudo pra ser um grande jogo. Nossa equipe precisa entrar focada e determinada – completa.

O time provável tem: Julio César (Paulo Victor); Leonardo, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Maicon, Montoya (Marinho), Luan e Everton; Felipe Vizeu.



Veja também