Lucas Uebel / Grêmio,Divulgação

Titular do Grêmio nas últimas quatro partidas, Brenno deu detalhes sobre o ambiente no vestiário após a chegada de Vagner Mancini no Tricolor. Na entrevista desta sexta-feira (22), o goleiro comentou como o treinador colabora com otimismo na luta para deixar a zona de rebaixamento:

— Nosso ambiente está muito bom com a chegada do professor Mancini e da comissão dele. Os treinamentos estão muito bons e intensos. A gente tem ajustado alguns pontos a melhorar. Está se preparando da melhor maneira possível para essa partida tão difícil que a gente tem na segunda-feira.

Brenno se declara identificado com o clube. Forjado nas categorias de base, diz sentir quando os resultados não são positivos. Segundo ele, apenas o trabalho do dia a dia poderá mudar a fase atual gremista no Brasileirão. Para isso, a sequência dos enfrentamentos até o Gre-Nal do dia 6 de novembro (Atlético-GO, Palmeiras e Atlético-MG) poderá mudar o patamar atual:

— Nessa situação que estamos, todos os jogos são difíceis. Estamos trabalhando forte e vamos para esses quatro jogos para conseguir as vitórias e darmos uma respirada.

O goleiro também comentou sobre ter perdido a titularidade após a conquista do ouro olímpico pela Seleção Brasileira. Para ele, Gabriel Chapecó, amigo e concorrente pela vaga, mereceu a condição:

— Soube respeitar o momento dele e a decisão do Felipão.

O time tem mais três treinamentos para Mancini para ajustar detalhes para o duelo de segunda-feira (25), às 20h, em Goiânia, contra o Atlético-GO. Além dos trabalhos, Brenno espera ajustar a defesa na base da conversa:

— A gente tenta sempre com a comunicação nos treinamentos, questão de posicionamento, acertar para conseguir ir bem nos jogos e minimizar os erros.



Veja também