No último domingo, enquanto se preparava no Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, o Grêmio viu o adversário na final da Copa do Brasil cair na semifinal do Mundial do Clubes. O Palmeiras perdeu por 1 a 0 para o Tigres, do México, e falhou no sonho de conquistar o título mundial. Imediatamente, muitos torcedores se perguntaram se isso era bom ou ruim para o Tricolor? Tanto faz. A diretoria do clube gaúcho não vê qualquer facilidade por conta do insucesso do Verdão na competição.

Após a goleada por 5 a 2 sobre o Botafogo na segunda-feira, pelo Brasileirão, O vice de futebol Paulo Luz elogiou o elenco e a capacidade do adversário e não quis entrar em qualquer mérito sobre a questão anímica após a derrota do Palmeiras no Mundial. Vê um rival ainda fortalecido pela conquista recente da Libertadores.

– O Palmeiras continua sendo o Palmeiras, uma grande força do futebol brasileiro, um elenco muito poderoso, uma equipe estruturada, com governança muito consolidada e é o Palmeiras campeão da Libertadores. É o clube que vamos enfrentar. Independente de qualquer situação de ânimo e ambiente interno do Palmeiras – apontou o dirigente gremista.

Dirigente do Grêmio vê Palmeiras forte mesmo com queda na semifinal do Mundial — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Dirigente do Grêmio vê Palmeiras forte mesmo com queda na semifinal do Mundial — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A vitória sobre o Botafogo significou o fim de um jejum de um mês. O Grêmio aos poucos tenta retomar a confiança justamente para entrar na decisão com o Palmeiras mais forte. É esse o trabalho interno conduzido no momento.

– O Grêmio tem que se preocupar… Eu como vice-presidente do Grêmio, com a direção do clube, com a comissão, com nosso atletas, temos que estar focados e fazermos o melhor, fazermos uma preparação cuidadosa, para chegar no dia 28 muito fortes, fazermos um grande jogo dia 28, outro grande jogo dia 7 e criarmos as condições de praticarmos um futebol, com tal qualidade, tal excelência, que possa nos viabilizar a conquista da Copa do Brasil – completou Luz.

Por conta do título do time paulista da Libertadores, os jogos das finais da Copa do Brasil ficam nos dias 28 de fevereiro e 7 de março, com a segunda partida ocorrendo no Allianz Parque, em São Paulo. Até lá, o Tricolor ainda enfrenta São Paulo, Athletico e Bragantino nas últimas três rodadas do Brasileirão.



Veja também