Bolzan projeta anúncios nos próximos dias para setor ofensivo

Presidente do Grêmio reconheceu que lesão de Douglas mudou postura do clube no mercado

20 de fevereiro de 2017 - Às 12:01
Foto: Lucas Uebel

O tropeço em casa, com o empate de 1 a 1 contra o São José nesse domingo, obriga a direção do Grêmio a tratar com urgência de novas contratações. Em entrevista coletiva pós-jogo, o presidente Romildo Bolzan Jr. destacou que a prioridade do clube é reforçar o setor ofensivo e projetou alguns anúncios importantes nos próximos dias. O dirigente reconheceu que a lesão do meia Douglas mudou a postura da direção no mercado.

“A lesão do Douglas gerou uma desconfiança em caráter geral. Temos condições de realizar alguma negociação nos próximos dias. Um zagueiro a mais é importante para a complementação do plantel. Precisamos de um meia e um atacante por necessidade, é a nossa prioridade”, disse.

Com o empate o Tricolor perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Gaúcho. “As atuações ruins são normais em um começo de temporada. Um time pronto não existe. Ano passado foi assim, começamos irregulares e fomos crescendo”, avaliou Bolzan.

O presidente gremista criticou a arbitragem da partida. “A arbitragem foi fraca, mas foi em um total. Foi muito confusa, decepcionante e tecnicamente extremamente influenciada por qualquer situação. Espero que tenham arbitragens melhores. Não estou chorando aqui, é uma constatação. Os erros não foram somente para o Grêmio”, finalizou.



Veja também