Bola aérea: A fragilidade

25 de abril de 2011 - Às 01:02

O Grêmio venceu o Cruzeiro por 3 a 2 neste sábado, e os dois gols sofridos foram em cruzamentos, em bolas levantadas na área. Segundo estimativa, o Tricolor tomou 56% dos gols (18), neste tipo de jogada, e olha que isso nem preocupa Renato Gaúcho e Rafael Marques.

“Temos é que comemorar a vitória. Tomamos 2 gols, mas fizemos 3. Falhamos, mas o mais importante é o fim dos 90 minutos. Precisamos treinar e melhorar, errar menos, mas nem sempre é assim” – comentou Renato.
Rafael Marques, que perdeu de feio as disputas de cabeça do jogo de ontem e muitas outras, disse que a culpa não é só dele, e que deve ser dividida entre todos do grupo.


Veja também