Bobô evita cabeça baixa após pênalti perdido: “Bola para frente”

Tricolor vencia por 2 a 1 quando teve a chance de ampliar, mas Bobô desperdiçou pênalti

29 de janeiro de 2016 - Às 00:06

O Grêmio ficou no empate com Avaí nesta quinta-feira pela estreia da Sul-Minas-Rio. Jogando com time reserva, o Tricolor chegou a estar em vantagem duas vezes, mas cedeu o empate. Quando estava vencendo por 2 a 1, teve um pênalti a favor que Lincoln sofreu. Bobô foi quem cobrou e desperdiçou. O Avaí empatou na sequência.

O garoto Lincoln pegou a bola para cobrar, mas Bobô pediu e o jovem jogador acabou cedendo a cobrança para o experiente camisa 9. Na saída de campo após o término da partida, Lincoln comentou sobre o lance:

– É aquela coisa. Quem tiver mais confiança para bater, bate. Como ele é o 9, faz gol, tem o faro, pegou a bola e bateu. Eu estava confiante, mas ele pediu e chutou. Não tem problema nenhum. Só erra quem bate – disse o garoto.

Já o atacante Bobô comentou que não pode sair de cabeça baixa e aproveitou para falar que a equipe esteve bem na partida.

– É coisa que acontece. Não dá para se abalar com pênalti perdido. Bola para frente. A equipe teve um bom desempenho no conjunto e, para ser o primeiro jogo oficial, não é nada mal – analisou Bobô.



Veja também