Beto da Silva volta a sentir dores e deixa mais cedo coletivo do Grêmio

Jogador foi substituído pelo garoto Jadson em treino dos reservas

14 de julho de 2017 - Às 19:06
Foto: Lauro Alves /Agência RBS

A sina de problemas médicos parece não dar trégua ao atacante Beto da Silva. Nesta sexta (14), o peruano mais uma vez sentiu dores e deixou mais cedo o coletivo dos jogadores reservas do Grêmio.

O atleta, que ainda não conseguiu se firmar na equipe por conta das sucessivas lesões, foi escalado pelo técnico Renato Portaluppi no treino como um atacante aberto pela esquerda, com o equatoriano Michael Arroyo, reforço recentemente contratado, posicionado no centro do ataque.

Quando o peruano deixou a atividade, Arroyo foi deslocado para a ponta-esquerda, com o garoto Jadson entrando no coletivo como centroavante.

O Grêmio não divulgou a gravidade das dores apresentadas por Beto da Silva.



Veja também