Bertoglio se despede do Grêmio: “Sentimentos que nunca antes havia sentido”

1 de julho de 2012 - Às 15:00

Quatro meses. Este foi o tempo que Bertoglio ficou no Grêmio e já faz a torcida sentir saudades.

O meia-atacante argentino se despediu dos companheiros nesta sexta-feira à tarde, já que hoje (sábado), seu contrato com o Grêmio se encerra.
O Grêmio tentou ficar com o jogador por empréstimo, porém a direção do Dinamo de Kiev, da Ucrânia, recusou a proposta. Se quisesse ter o jogador, o Grêmio teria que desembolsar R$ 10 milhões.
Paulo Pelaipe afirmou via Twitter que as portas estão abertas para um possível retorno do argentino e Bertoglio deixou sua mensagem de despedida:

– É incrível o que estou sentido depois de me despedir de meus companheiros – afirmou. – Sentimentos que nunca antes havia sentido. Obrigado, foram seis meses que ficarão em meu coração.
Bertoglio marcou cinco gols em 14 jogos, mas nunca conseguiu se firmar como titular absoluto. Passou por uma contusão que acabou complicando sua situação e pouco jogando nos últimos dois meses no clube.


Veja também