Passado três jogos do time grupo principal do Grêmio, os reforços para a temporada começam a dar respostas. Entre as boas notícias da vitória de virada em cima do Aimoré, pela quinta rodada do Gauchão, está Benítez. Além do desempenho em campo, o jogador voltou a atuar durante os 90 minutos de uma partida depois de seis meses.

A última vez que Benítez havia completado uma partida do início ao fim foi no dia 4 de agosto do ano passado, na vitória do São Paulo por 2 a 1 em cima do Vasco, pelas oitavas de final Copa do Brasil. Naquele jogo, o armador marcou o segundo gol do tricolor paulista.

No total, foram precisamente, 189 dias se engatar o jogo inteiro. Depois daquela partida, o meia entrou em campo em mais 18 confrontos, mas ou saiu antes do apito final, ou foi usado do banco de reservas.

Benítez na vitória do Grêmio diante do Aimoré — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Benítez na vitória do Grêmio diante do Aimoré — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Depois de questionamentos sobre sua condição física, os minutos jogados podem virar uma espécie de resposta. Em meio à pré-temporada do Grêmio, Benítez vai para o terceiro jogo consecutivo em sete dias.

Soma-se a isso a efetividade. Benítez ainda não deu nenhuma assistência. Mas participou da construção da jogada dos dois gols gremistas contra o Aimoré, na quarta (veja um deles ab, e também do segundo gol gremista contra o Guarany, no domingo.

Além dos 90 minutos disputados na quarta, o meia entrou ainda no primeiro tempo contra o Guarany, após lesão de Campaz, e jogou durante cerca de 70 minutos.

– Ele (Benítez) vem até agora em franca evolução. Se tem qualquer dificuldade, outros atletas também têm neste momento. Ele vai evoluir bastante, é extremamente dedicado no dia a dia e vem batendo as marcas. Temos como avaliar os atletas diariamente como GPS, métricas, distâncias, tiro curto… E ele vem a cada semana melhorando. A expectativa é que faça uma bela temporada – avaliou Vagner Mancini após a estreia do argentino.

Depois da lesão de Campaz, Benítez assumiu o protagonismo no meio. Os dois jogadores têm características diferentes e podem jogar juntos. No domingo, contra o Juventude, Benítez será o titular novamente com a equipe principal gremista.

No Grêmio, Benítez teve a oportunidade de fazer algo que nem no Rio de Janeiro e nem em São Paulo ele conseguiu: a pré-temporada completa. No clube carioca, chegou no fim de fevereiro e dias depois o futebol parou por conta da pandemia. No time paulista, pegou uma temporada grudada na outra, sem o tempo ideal de preparação.

No próximo domingo, o argentino deve estar em campo novamente, desta vez contra o Juventude, pela sexta rodada do Gauchão, na Arena. O grupo volta a treinar na tarde desta sexta-feira



Veja também