Sem a presença de Renato Gaúcho, cabe ao auxiliar Alexandre Mendes, o Gabeira, comandar o dia a dia o Grêmio na volta aos treinos em meio à pandemia do coronavírus. Mas sempre em contato com o treinador, que cumpre quarentena no Rio de Janeiro conforme orientação médica por ser considerado do grupo de risco para a doença.

Em entrevista à assessoria de imprensa do clube nesta terça-feira, o braço direito de Renato afirmou que conversa com o técnico ao menos três vezes por semana. De acordo com Gabeira, o comandante é “rígido” nas cobranças e pede atualizações a cada momento sobre a rotina de treinamentos. A dupla fala sobre todos os detalhes do trabalho, a ponto de discutir até os atrasos de atletas.

– Falo com o Renato pelo menos umas três vezes por semana. Não só sobre treinos, mas de convívio, amizade. É importante que tenha direcionado o trabalho, como posicionarmos aos jogadores. Falamos com quem trabalhou, quem faltou, se atrasou. Ele é muito rígido nas cobranças e precisamos atualizá-lo de cada momento. Quando aumentamos a intensidade do trabalho ou inovamos. Mesmo no Rio, ele procura organizar, interagir com o departamento médico e com os profissionais que trabalham diretamente com os jogadores para buscarmos o melhor para cada um – afirma Mendes.

Alexandre Mendes com Renato antes da pandemia — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Alexandre Mendes com Renato antes da pandemia — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após passar por testes de Covid-19 e uma série de avaliações, os atletas fazem uma série de trabalhos com foco no recondicionamento físico. Mendes garante que o elenco só passará aos treinos com bola com o o aval do departamento médico. E respeitando o distanciamento previsto no protocolo.

– Fizemos os testes dos jogadores. O nível é razoável e precisa ser melhorado, logicamente. O atleta que trabalha com intensidade e excelência precisa estar em atividade. Ainda mais orientado como os profissionais que temos aqui. Acho que tem sido benéfico e teremos ganhar lá à frente com o trabalho feito. Nosso trabalho é pautado em cima dos protocolos. Assim que for sinalizado que podemos começar um trabalho com bola, sem interação, o faremos – ressalta.

Alexandre Mendes é quem comanda as atividades no CT — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Alexandre Mendes é quem comanda as atividades no CT — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O auxiliar diz ainda que os jogadores têm se adaptado bem à rotina de distanciamento e aos protocolos médicos para os treinos durante a pandemia. Gabeira valoriza o aspecto psicológico da volta aos trabalhos no ambiente do clube.

– Os jogadores estão extremamente participativos e, em relação a procedimentos e protocolos, seguindo exatamente o que a OMS pede. Os atletas têm se adaptado muito bem. Até penso na parte psicológica. Eles saírem de casa. Um período ocioso em casa só com a família. É importante que tenham uma interação com outras pessoas que trabalham com ele – destaca Alexandre Mendes.

O elenco gremista treinou sob chuva na manhã desta terça-feira, no CT Luiz Carvalho. Outro grupo de jogadores trabalha à tarde. Após o cancelamento do treino da manhã de segunda-feira para análise do novo decreto de distanciamento social, as atividades seguem normalmente no decorrer da semana.



Veja também