Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Apesar da campanha positiva que o Grêmio vem conquistando, o técnico Renato Portaluppi discordou que o Tricolor seja um forte candidato a título no Brasileirão. Em entrevista coletiva desta sexta-feira, o técnico elogiou a performance da equipe, mas apontou que é preciso acalmar os ânimos dos jogadores.  “Eu concordo com que é um futebol bonito. Até um cego vê que o Grêmio está jogando um futebol maravilhoso, mas isso não credencia que possa ser campeão”, avaliou.

“O grupo é bom e eu não deixo certas coisas entrarem na cabeça deles. São jogadores que trabalham e me escutam bastante, mas não vai subir na minha cabeça que é o melhor time do Brasil”, definiu. Para Renato, tudo isso reflete o trabalho que vem fazendo no clube. “O Grêmio tem as mesmas chances que os outros e não é pior e nem melhor. Ele vem jogando bem em todos os sentidos, mas isso não quer dizer que seja um candidato forte.” Segundo Renato, no futebol tudo se trata de momentos. “A gente sabe que no futebol, quando você ganha, você é bom. Quando não ganha, você é ruim.”

Por se tratar de um campeonato que vai até o final do ano, Renato definiu que cada jogo é decisivo para todos os times da competição. “O Brasileiro é um campeonato longo e em todas as rodadas as equipes estão brigando por uma coisa. Não são jogos fáceis. O Grêmio tem sua maneira de jogar e não vai mudar”, projetou. “Eu não vou ficar mentindo, é lógico que a gente vai atrás da vitória, agora se a gente vai conseguir é outra história. Você que estar naquele bolo da frente, quando você está brigando pelo título ou Libertadores, mas o Grêmio está bem e sem dúvida que nosso objetivo é conseguir os três pontos para continuar na frente”, relatou.



Veja também