Terminada a vitória do Grêmio por 2 a 1 sobre o Ceará, o sentimento passado pelo técnico Renato Gaúcho foi de um time com “altos e baixos” na noite de quarta-feira, no Centenário, em Caxias do Sul. Os três pontos vieram, e o Tricolor colou no G-6, mas também evidenciou pontos a corrigir.

“O Grêmio teve altos e baixos. Dominamos os primeiros 45 minutos. Conseguimos fazer os dois gols, mas colocamos o Ceará na partida com uma bobeira nossa” (Renato Gaúcho)

É claro que o jogo não tinha a importância da semifinal da Libertadores com o Flamengo — e, portanto, não recebe a mesma atenção dos atletas em campo. Há também o desgaste acumulado de duas partidas num intervalo de quatro dias.

Grupo do Grêmio comemora vitória sobre o Ceará — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Grupo do Grêmio comemora vitória sobre o Ceará — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Pontos positivos
  • 100 gols em 2019

Ofensivamente, o Grêmio não massacrou o adversário, como geralmente fala o treinador. Mas criou boas chances e conseguiu em diversos momentos envolver o Ceará com troca rápida de passes e triangulações.

Muitas delas com a participação de Diego Tardelli, como no lance do pênalti que gerou o segundo gol, após passe de Pepê, ou em chance perdida por Luan na segunda etapa.

Com os dois gols sobre o Ceará, o Grêmio chegou aos 100 na temporada. Primeiro, em cobrança de escanteio de Luan na cabeça de Pedro Geromel. Depois, em cobrança de pênalti de Maicon. O número é apenas simbólico, mas significa a busca constante pelo gol tão citada por Renato.

  • Líderes de volta

Renato Gaúcho mandou a campo no Centanário a equipe mais próxima possível daquela que enfrentará o Flamengo no segundo jogo da semifinal da Libertadores. Convocados para as seleções brasileira e argentina, Everton, Matheus Henrique e Kannemann foram desfalques.

Mas Geromel retornou ao time e Maicon pode mais uma vez ser titular. Ambos deixaram claro que dão um salto de qualidade quando estão em campo e fizeram falta no empate com os cariocas em Porto Alegre — o volante entrou no segundo tempo, mas ainda não tinha plenas condições físicas.

— Jogadores importantes no grupo, vencedores. O Maicon era o capitão, hoje é o Geromel. São jogadores que dão qualidade muito grande, tranquilidade para os mais jovens, principalmente. Com todos, o Grêmio é muito forte. Tem provado mais uma vez neste segundo turno — apontou o treinador.

Pontos negativos
  • Chances cedidas ao adversário

Neste caso, a concentração e importância do jogo podem pesar. Mas o Grêmio escapou de sair perdendo na primeira metade da etapa inicial. Não pelo gol bem anulado de Fabinho. Mas, em dois lances pelo lado direito defensivo, o Vozão poderia ter aberto o placar e parou em Paulo Victor. No setor de Léo Moura, candidato a titular contra o Flamengo.

No segundo tempo, já com Galhardo em campo, o Grêmio time cedeu um contra-ataque ao Ceará. Michel errou no meio e pegou os companheiros desprevenidos. Ricardinho desperdiçou o empate cara a cara com Paulo Victor. Um vacilo que custaria caro em outro contexto. Isso sem contar arremates de fora da área defendidos pelo goleiro gremista.

— Discordo que o pessoal tem conseguido superar (o lado direito). Uma ou outra jogada sempre acontece, mas é uma coisa normal no futebol perder uma jogada. Estou satisfeito com os dois (Léo Moura e Galhardo) — disse Renato.

  • Não matou o jogo

Se o Ceará poderia ter empatado nos minutos finais, foi porque o Grêmio não conseguiu matar o jogo. Foram pelo menos três oportunidades não aproveitadas dentro da área. A primeira, em lance de Diego Tardelli pela esquerda. O cruzamento, direcionado a Pepê, ficou na marcação, embora pudesse ser também para Luan, desmarcado na pequena área.

Luan, em jogada coletiva e passe de Maicon, chutou para cima do gol a melhor chance na segunda etapa. Feito o gol, uma tranquilidade maior reinaria para o Grêmio inclusive se preservar com a bola no pé.

No fim da partida, Galhardo recebeu, dominou e acabou por cair sozinho quando podia ter dado o passe para o meio em um toque só na bola.

A vitória veio, portanto, o desperdício não foi tão determinante. O Grêmio retoma as atividades na tarde desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. O próximo compromisso é no domingo, às 19h, contra o Atlético-MG, no Independência.



Veja também