As situações dos nove jogadores emprestados pelo Grêmio

21 de outubro de 2020 - Às 20:37
Leonardo Oliveira / Agencia RBS

Com a proximidade do término da temporada, alguns contratos estão sendo reavaliados para 2021. O Grêmio, que tem nove atletas com idade para utilização no elenco principal, ainda não tem um parecer definitivo sobre o assunto. Tudo dependerá de avaliações da comissão técnica e dos dirigentes para decidir o futuro dos jogadores.

Os jovens são os mais cotados a terem algum reaproveitamento na Arena. Léo Chú, que está cedido ao Ceará, e Phelipe Megiolaro, recém repassado ao FC Dallas-EUA, são os que ainda têm expectativa de vestirem a camisa do Tricolor no futuro. O atacante participa de algumas partidas clube nordestino, já o jovem goleiro ainda não fez a sua estreia na MLS.

Matheus Frizzo é outro que ainda não ganhou grandes oportunidades na capital gaúcha e foi repassado ao Atlético-GO para ganhar experiência. Porém, até o momento, foram cinco jogos em Goiânia, todas entrando no segundo tempo, com poucos minutos recebidos.

Não têm aproveitamentos descartados, mas há expectativa de destaque para lucro em eventual transferência nos seguintes casos: Machado, que não é titular no Cruzeiro, Lima, que vive situação semelhante no Ceará, e Juninho Capixaba, no Bahia. O lateral, inclusive, já foi sondado por equipes do Exterior. 

Outros esperam apenas o final do vínculo com o Grêmio para seguirem o seu futuro em outros locais: o volante Kaio e o zagueiro Rafael Thyere. O primeiro não correspondeu o rendimento aguardado, enquanto o segundo nunca se firmou em Porto Alegre. Os dois faziam parte do elenco campeão da América em 2017 e seus contratos se encerram em 31 de dezembro.

Confira os atletas emprestados pelo Grêmio:

  • Kaio (Paraná)
  • Machado (Cruzeiro)
  • Thyere (Sport)
  • Lima (Ceará)
  • Jhonata Robert (Famalicão-POR)
  • Léo Chú (Ceará)
  • Juninho Capixaba (Bahia)
  • Phelipe Megiolaro (FC Dallas)
  • Matheus Frizzo (Atlético-GO)


Veja também