Arthur sobe de patamar com grandes atuações

Grêmio possui 60% dos direitos econômicos do volante

15 de setembro de 2017 - Às 12:05
Foto: Lucas Uebelarthur

Arthur assumiu o protagonismo contra o Botafogo na última quarta. Marcou, foi à frente, finalizou e quase marcou um golaço. Mostrou estar amadurecido para vestir a camisa da Seleção. E a ascensão do volante se deu de forma muito rápida. Começou a ter oportunidades de forma mais constante no time principal com Renato Portaluppi, este ano. E desde a estreia do Grêmio no Brasileirão, dia 14 de maio, quando iniciou entre os titulares, não saiu mais do time. Naquela partida, Arthur deu 55 passes e errou apenas três.

Na última quarta-feira, no estádio Nilton Santos, contra o mesmo Botafogo, foram 69 passes certos e apenas dois errados. A qualidade do passe é o ponto forte do volante. O Grêmio possui 60% dos direitos econômicos de Arthur e, ainda no ano passado, renovou o contrato do jogador até o final de 2019. Com as atuações em alto nível, ele ganhará uma valorização salarial, que está sendo negociada.

O clube sofrerá assédio pelo volante na próxima janela europeia, e nos bastidores já se cogita que Arthur não sairá por menos de 30 milhões de euros. “Eu tenho falado para o presidente que o Arthur é a ‘galinha dos ovos de ouro’ do Grêmio. Ele joga fácil, nos ajuda muito e vai ajudar o clube lá na frente”, diz Renato Portaluppi. “Eu sempre digo para os jogadores que é preciso ir bem no clube para chegar à Seleção. O Arthur está fazendo a parte dele”, acrescenta o técnico.

No domingo, o Grêmio recebe a Chapecoense, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro. A tendência é que Renato utilize uma equipe mista, poupando alguns jogadores para o segundo duelo diante do Botafogo, no dia 20. Quem deve ganhar uma oportunidade contra a Chape é o equatoriano Arroyo, que pode formar a dupla de ataque com Everton.



Veja também