Foto: Lucas Uebel

O Grêmio voltou a decepcionar no Campeonato Brasileiro e agora a distância para o Corinthians subiu novamente para 10 pontos. Perdeu para a Chapecoense por 1 a 0 na tarde deste domingo, em plena Arena, pela 24ª rodada, e vê a chance de título cada vez menor. Envolto no confronto com o Botafogo pelas quartas de final da Libertadores, que se define na próxima quarta-feira, o volante Arthur garante que não faltou vontade à equipe.

O jovem de 21 anos, recém convocado por Tite para a seleção brasileira, comentou que o Tricolor já esperava o adversário fechado e jogando “por uma bola”. Contudo, os donos da casa não conseguiram furar o bloqueio catarinense e somente finalizaram de longe, sem perigo ao goleiro Jandrei. Para Arthur, são “coisas do futebol”.

– Ele (Renato) perguntou quem queria jogar, todo mundo se colocou à disposição. Esse é o espírito do grupo. Mas é coisa do futebol, a gente tentou, não conseguiu o gol. Mas vontade não faltou. Sabíamos que essa seria a proposta de jogo deles. A gente sabe que futebol é assim. Vieram por uma bola e aproveitaram. A gente tentou, criou, mas não conseguiu fazer o gol – afirmou.

O atacante Fernandinho foi quem mais tentou. Deu pelo menos dois bons chutes que saíram pela linha de fundo. Em lance plástico no fim do jogo, distribuiu três chapéus em sequência e sofreu a falta, que cobrou na barreira. Ou seja, o lance bonito não resolveu a dificuldade da partida. Para ele, é preciso agora descansar para voltar-se à Libertadores.

– Nós criamos bastante desde o início, pressionamos. Numa bobeira, num vacilo, sofremos o gol. Criamos, porém, não concluímos em gol. É estar tranquilo, finalizar com mais tranquilidade. Do Campeonato Brasileiro nós não desistimos. Tem muita coisa. Agora vamos descansar para ficar com tanque cheio para quarta, que tem uma decisão, e vamos tentar fazer um grande jogo – destacou o atacante .

O Tricolor permanece em segundo com 43 pontos na tabela do Brasileirão, agora 10 atrás do líder Corinthians. No próximo domingo, vai a Salvador enfrentar o Bahia, às 19h. Antes, porém, recebe o Botafogo às 21h45 de quarta-feira, na Arena, pelo segundo jogo das quartas de final da Libertadores. Com o 0 a 0 no jogo de ida, o Tricolor avança com qualquer vitória. Empate sem gols leva a decisão para os pênaltis e, com gols, classifica o Botafogo.



Veja também