Com gols e assistências, Diego Souza e Pepê foram os destaques da vitória do Grêmio por 2 a 0 sobre o Cuiabá, na última quarta-feira, na Arena. Mas a classificação gremista teve também outros protagonistas. E o lateral-esquerdo Diogo Barbosa esteve entre eles.

Contratado em meados de setembro, o lateral-esquerdo começa a se entrosar melhor com os companheiros e cada vez mais aparenta se soltar ao campo ofensivo. O próprio admite que o crescimento vem aos poucos. São 14 jogos com a camisa tricolor.

— Acredito que é um bom início. Claro que estou num processo de evolução, estou mais entrosado com todos do grupo e a tendencia é so melhorar. Feliz pela confiança depositada pela diretoria, pelo Renato e todos do grupo — comentou Diogo, via assessoria de imprensa.A disputa por posição é natural e faz bem para o elenco. É claro que todos querem estar sempre jogando, mas essa é uma decisão do treinador. Sabemos que nosso calendário é apertado e estamos brigando em todas os campeonatos.— Diogo Barbosa

Diogo Barbosa em vitória do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Diogo Barbosa em vitória do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

O lateral também é protagonista do rodízio dos laterais promovido por Renato Portaluppi. A disputa é com Cortez e depende do local do jogo e do adversário. E deve seguir até o fim da temporada 2020. Campeão de Brasileiro e Copa do Brasil por Palmeiras e Cruzeiro, respectivamente, tem nessas experiências inspirações.

— O Cortez é um grande jogador que ganhou tudo pelo Grêmio, além de ser uma pessoa da melhor qualidade. Vim para buscar meu espaço e ajudar a equipe, e sempre que solicitado vou dar o meu melhor. A força do elenco é um dos pontos positivos do Grêmio — destacou. O Grêmio é um clube gigante, multicampeão e que está sempre brigando pelos títulos que disputa. Então acho que tem tudo para ser um casamento vitorioso.— Diogo Barbosa

O Grêmio volta a jogar no domingo, às 20h30, contra o Corinthians, na Neo Quimica Arena. Com 33 pontos, o Tricolor é o 7º colocado e tem chance de entrar no G-6, dependendo dos resultados de Santos e Palmeiras e, claro, de uma vitória em São Paulo.



Veja também