Foto: Albert Gea/Reuters

Depois do acerto de Cavani com o Manchester United, o Grêmio mira o mercado em busca de outro centroavante. A origem do novo atacante gremista pode seguir sendo do Uruguai. Stuani, nome que já foi especulado pelo Tricolor, permanece na pauta da direção, apesar dos altos valores na transação.

Conforme noticiado pelo colunista Eduardo Gabardo, o atacante de 33 anos, que neste momento faz parte da seleção do seu país, ainda pode deixar o Girona, clube que não conseguiu o acesso à elite do futebol espanhol. O salário é considerado elevado para a equipe europeia.

Após uma primeira investida realizada nos últimos meses, a direção adotou um recuo e focou exclusivamente na possibilidade de trazer Cavani para a Arena. Pelo acerto do sonho de consumo, outras opções são trabalhadas pelos dirigentes.

O salário do atleta é um dos motivos que podem impedir o eventual avanço. Os vencimentos do jogador estão na casa dos 3 milhões de euros por temporada (cerca de R$ 19 milhões). O montante é considerado elevado pelos gaúchos, que receberam a pedida na casa do 1,5 milhão por mês para atuar na Arena sem impostos ainda no mês de setembro.

Desta forma, o Tricolor adotou o recuo nas conversas. Pela reabertura da janela e permanência do atacante no Girona, é debatida a retomada das conversas pelos dirigentes.

Depois da vitória sobre o Coritiba, Paulo Luz, vice de futebol gremista, evitou falar em prazo na busca por reforços para o plantel de Renato:

— Fazer qualquer promessa de prazo e tempo seria um fato que fugiria um pouco da normalidade. Posso dizer que estamos trabalhando — limitou-se o dirigente na coletiva.



Veja também