O atacante Ferreira passou por cirurgia para corrigir a hérnia inguinal na manhã desta quarta-feira. O jogador do Grêmio tem tem previsão de ficar afastado por pelo menos dois meses antes de retomar as atividades.

A cirurgia foi informada pelo Tricolor na terça-feira, em manifestação oficial do clube sobre a situação do atacante, e ocorreu no fim da manhã. O jogador passa bem conforme apurou o ge.

Aliás, os problemas físicos tem causado controvérsia nos bastidores, com versões conflitantes em cada lado. Desde a lesão muscular no adutor da coxa direita, sofrida em fevereiro, Ferreira tem convivido com dores.

Além de Ferreira, o Grêmio tem Edilson como desfalque atualmente por lesão muscular. Kannemann está em fase final de recuperação de cirurgia no quadril.

Confira a nota do Grêmio

O Departamento Médico do Grêmio informa que o atleta Ferreira foi submetido, na manhã desta quarta-feira, 11, a uma cirurgia para correção de hérnia inguinal no Hospital Mãe de Deus. O procedimento foi realizado com sucesso pelo doutor Marcus Reusch, sem intercorrências e com acompanhamento do médico do Clube, Dr. Paulo Rabaldo. O tempo previsto para retorno total às atividades é de 8 semanas.



Veja também