A goleada por 6 a 1 sobre o Ayacucho, na noite desta quarta-feira, encaminhou a vaga à terceira fase da Libertadores, e o Grêmio deve dar um período de folga para parte do grupo de jogadores nos próximos dias. Assim, a partida de volta na próxima terça, em Quito, no Equador, deve ter escalação reserva.

O técnico Renato Portaluppi afirmou em entrevista coletiva que a situação deve ser definida nesta quinta. Alguns atletas serão liberados para um período entre sete e 10 dias de descanso por conta da temporada desgastante. Isso tem ocorrido em alguns clubes, como Flamengo, Palmeiras e Inter, entre outros, que liberaram os jogadores após o Brasileirão.

Parte do elenco será liberados após o jogo de sábado, contra o Esportivo, na Montanha dos Vinhedos, pelo Gauchão. Portanto, o Grêmio deve ter uma equipe reserva no jogo em Quito, na próxima terça-feira, contra o Ayacucho, na volta da segunda fase da Libertadores.Temos partida importante no sábado e aí sim vamos pensar em uma folga para muitos jogadores. Senão, daqui a pouco teremos lesões e perdemos por 30, 40 dias. Pensamos e chegamos a essa conclusão, que merecem uma folga.— Renato Portaluppi, técnico do Grêmio

— Jogadores são humanos, fica praticamente impossível, muitos clubes deram folga. Mas no momento que vira dois anos, se não der agora, que é nosso objetivo, depois não tem mais tempo. Descansar um pouco a cabeça de todo mundo. Foi um ano estressante — afirmou Renato.

Renato Portaluppi em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato Portaluppi em vitória do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A vitória por 6 a 1 deixou a vaga nas mãos do Grêmio para a terceira fase da Libertadores. Caso confirme a vantagem, o time gaúcho encara o vencedor de Independiente del Valle-EQU ou Unión Española-CHI. A equipe do Chile venceu por 1 a 0 a primeira partida e vai com o placar favorável para o jogo no Equador.

— Encaramos o nosso adversário. Digamos que não tem aquela qualidade toda, mas o mais importante foi que minha equipe jogou com seriedade, respeitando e fazendo o placar. Era nosso objetivo. A segunda partida é na altitude. Se tivéssemos escore baixo, poderia nos complicar. Dá tranquilidade maior para a segunda partida — acrescentou Renato.

O Grêmio volta a treinar na tarde desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. No sábado, às 18h, enfrenta o Esportivo na Montanha dos Vinhedos, pela quarta rodada do Gauchão. O Tricolor é o sexto colocado na competição com três pontos, mas apenas um jogo disputado.



Veja também