Após derrota no Gauchão, Grêmio se divide entre planejamento ideal e resultados

Como primeiro turno do Estadual é curto, titulares podem jogar neste domingo, contra o Brasil. Definição sai pela manhã

25 de janeiro de 2020 - Às 12:13

O Grêmio vai se dividir neste fim de semana. A começar por este sábado, quando há dois treinos marcados pelo clube gaúcho. A derrota na primeira rodada do Campeonato Gaúcho pesa no momento de decidir qual equipe irá entrar em campo no domingo, às 16h, contra o Brasil de Pelotas, no Bento Freitas.

Como o jogo não é em Porto Alegre, havia uma indicação de time reserva para o confronto. Até porque há um jogo-treino marcado contra o Athletico, com portões fechados na Arena, para o final da manhã. Os dias anteriores às partidas geralmente são de atividades mais leves, diferente de um enfrentamento contra um rival da Série A.

Portanto, quem atuar no jogo-treino não deve entrar em campo no domingo. Antes do teste, marcado para as 11h, há o treinamento no CT Luiz Carvalho. O grupo se divide em dois, embora, nas palavras de David Braz, ainda não houvesse definição sobre quem atuaria na segunda rodada do Gauchão. Na estreia, derrota para o Caxias dentro de casa.

— Não acho que a derrota na estreia deve mudar o planejamento do Grêmio, temos que ir atrás do nosso objetivo, mas aos poucos ganhando condicionamento. É difícil, mas vamos fazer o possível para juntar as duas coisas usando os jogos para ganhar condicionamento e ir atrás das vitórias — comentou Braz.

Como o primeiro turno do Gauchão tem só cinco jogos antes de uma semifinal, o tropeço na estreia aperta mais o Tricolor. Dois se classificam entre os seis clubes do Grupo B. Depois, semi e decisão de turno.

Jovens como Ferreira e Darlan podem ganhar chance no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Jovens como Ferreira e Darlan podem ganhar chance no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O campeão desta primeira fase do Estadual garante vaga já na grande final. O Tricolor poderia administrar o segundo turno, quando passa a ter jogos também da Libertadores no calendário. O técnico Renato Gaúcho deixou claro em sua entrevista a vontade de vencer a competição e a possibilidade de escalar titulares em sequência.

— Sou apaixonado pelo Estadual, quero ganhar e vamos brigar. O Grêmio entra para ganhar, não para fazer número. Ganhará? Aí não sei, mas com o grupo fechado, ficará muito forte. Já entramos para ganhar, apesar da derrota — destacou Renato.

Ao final da manhã, o Grêmio deve indicar qual equipe entrará em campo em Pelotas. O clube gaúcho é o lanterna do Grupo B, sem pontos ganhos. Orejuela, sem condições legais, será desfalque certo para Renato, assim como Geromel, que passou por cirurgia no joelho direito.



Veja também