Após derrota, jogadores do Grêmio lamentam “desatenção” contra o Botafogo

Tricolor sofre gol no início, perde pênalti e não consegue igualar marcador no Engenhão

14 de agosto de 2017 - Às 05:58
Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo

Em duelo de reservas, o time do Grêmio aguentou apenas seis minutos antes de sofrer o gol do Botafogo, na noite deste domingo, Engenhão. O tento foi anotado por Leandrinho, ao aproveitar pane geral no sistema defensivo tricolor. Na saída de campo, os atletas gaúchos lamentaram justamente a “falta de atenção” inicial na partida.

– Pagamos por desatenção. Começamos com lentidão, tomamos o gol e depois ficou difícil – analisa Lincoln.

Atrás do marcador, o grupo do Grêmio até conseguiu ampliar o domínio territorial, sobretudo na primeira etapa. Faltou qualidade, no entanto, parta criar chances reais de gol.

A melhor oportunidade foi numa cobrança de pênalti de Marcelo Oliveira. O lateral-esquerdo acabou batendo mal e viu Gatito Fernández fazer grande intervenção, sob a meta.

– Eu esperei para ele mostrar o lado, mas não mostrou. Ele foi bem, achei que (a bola) ia entrar. Perdi, assumo. Não faltou tranquilidade. Bati como eu treino. Estava tranquilo, eu pedi para bater. O mérito é do Gatito. Voltamos bem melhor no segundo tempo, tivemos oportunidades – explica Oliveira.

Com o resultado, o Grêmio parou nos 39 e segue em segundo lugar, mas pode ver o líder Corinthians se distanciar ainda mais. A equipe volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo: o Tricolor recebe o Atlético Paranaense na Arena, às 11h. Antes, porém, o time começa a decidir uma das semifinais da Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 21h45, o time recebe o Cruzeiro.



Veja também