Quatro dias depois de perder o título do primeiro turno do Gauchão, Alisson alertou que não há mais tempo para lamentações. O meia do Grêmio reitera o foco para o jogo contra o Juventude, pelo Estadual, mesmo quatro dias antes de estrear na Libertadores. E garante que o Tricolor não irá abrir mão do Campeonato Gaúcho.

Alisson foi titular na derrota para o Caxias, no último sábado. Exatamente uma semana depois, o Tricolor terá a chance de corrigir os erros contra o Juventude, na Arena, pela primeira rodada do returno. As cobranças feitas pelo técnico Renato Gaúcho são as mesmas do próprio após o resultado ruim.

— Me cobro muito quando se perde jogos assim, que poderia nos dar uma tranquilidade a mais, até pelo fato da Libertadores estar próxima. Infelizmente futebol é assim. Não tem tempo de lamentar e ficar chorando. É aprender com os erros — disse o jogador em entrevista após o treino desta quarta.

Alisson diz que não há tempo para lamentações no Grêmio — Foto: Lucas Bubols/GloboEsporte.com

Alisson diz que não há tempo para lamentações no Grêmio — Foto: Lucas Bubols/GloboEsporte.com

Um dia depois das cobranças internas no clube, Alisson tratou de normalizar o fato das exigências. Além disso, o jogador reitera que o foco do time do Grêmio precisar ser no Juventude, e não na estreia na Libertadores, que ocorre na próxima terça.

“O Grêmio entra em todas competições pra conquistar. Não vamos abrir mão do Gaúcho. Podemos fazer história, conquistando pelo terceiro ano consecutivo. Temos que começar bem o segundo turno” (Alisson)

—Time grande sempre é cobrado, ainda mais o Grêmio que toda hora conquista títulos. Eu tenho desejo de ganhar títulos, não quero parar. Não pode ficar feliz porque acabou de perder. A gente tem que se cobrar. Nosso foco é o Juventude. Não tem como pensar no jogo de terça — finalizou.

O elenco retorna aos trabalhos na tarde de quinta-feira e encerra a preparação na manhã de sexta, com ambos treinos no CT Luiz Carvalho. O jogo contra o Juventude será às 11h do próximo sábado, na Arena, pela primeira rodada do segundo turno do Gauchão.

No domingo, a delegação viaja em voo fretado para Cali, na Colômbia, onde o Tricolor estreia na Libertadores contra o América de Cali.



Veja também