O Grêmio precisou suar para empatar em 2 a 2 com o Cuiabá nesta quarta-feira, na Arena, pela 24ª rodada do Brasileirão. Mais uma vez, perdeu a chance de sair da zona de rebaixamento. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari tratou de elogiar a equipe.

Apesar de atuar em casa e com a torcida a seu favor, o Grêmio não conseguiu superar o adversário – já havia perdido para o Sport no domingo. Esteve atrás duas vezes no marcador e lutou para evitar a derrota. A entrega mereceu elogios do chefe.

– Se tivesse que dizer ao meu grupo, ao torcedor, diria parabéns pelo resultado de hoje. Saíram atrás duas vezes e tiveram um esforço muito grande. Dentro do esforço, vejo muitas coisas boas, uma dedicação especial para buscar o resultado. E vamos atrás até o fim. Tivemos muito melhor desempenho que contra o Sport. E muito melhor dedicação, brio, que não tivemos naquele jogo – afirmou o treinador.

Luiz Felipe Scolari orienta time do Grêmio na Arena — Foto: Lucas Bubols / ge

Luiz Felipe Scolari orienta time do Grêmio na Arena — Foto: Lucas Bubols / ge

O treinador viu o Grêmio sofrer os gols de Max, no primeiro tempo, e Marllon, no segundo, em momentos “estratégicos” da partida, o que teria levado a equipe a perder a naturalidade nas jogadas. Mesmo assim, repetiu a satisfação com o 2 a 2 e promete mais trabalho para tirar o Tricolor do Z-4.

– Acredito tranquilamente que foi um bom jogo, no geral. O resultado não foi o que queríamos, mas fico satisfeito com o desempenho da equipe em todos os momentos. Não acontece nada comigo, com o nosso grupo que não vamos trabalhar para modificar o que temos que modificar – salientou Felipão.

Apesar do discurso, o Grêmio segue na zona de rebaixamento. O time está em 17º lugar com 23 pontos no Brasileirão. Na próxima rodada, o time de Felipão enfrenta o Santos. A partida ocorrerá no domingo, às 16h, na Vila Belmiro.



Veja também