O recado foi bem dado por Renato Gaúcho. Se treinarem nesta segunda-feira, já em solo colombiano, Everton e Matheus Henrique enfrentarão o América de Cali na noite de terça, na estreia do Grêmio na Libertadores. O teste também servirá para o treinador definir a retomada do esquema com três volantes, já que Thiago Neves ainda não reúne 100% das condições físicas.

O atacante e o meio-campista foram desfalques na vitória sobre o Juventude por 3 a 0, no último sábado, por conta de problemas semelhantes nos tornozelos. Na entrevista coletiva após o jogo, Renato chegou a dizer que poderia usar a dupla se fosse um duelo decisivo. Mas optou por dar chance a jogadores que pouco atuaram.

Lucas Silva e Matheus Henrique devem voltar a atuar juntos — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Lucas Silva e Matheus Henrique devem voltar a atuar juntos — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio começou o jogo em um esquema com dois volantes e um armador no meio-campo. Entre eles, Thiago Neves fez sua estreia como titular. A ideia é usar o camisa 10 entre os titulares. Porém, o jogador ainda não teve atuações que o coloquem nessa turma. Após a partida, Renato ratificou a preferência por uma equipe ofensiva.

– Eu gosto sempre de uma equipe ofensiva. Jogamos o Gre-Nal e contra o Caxias de uma maneira diferente porque nossos meias não estavam 100%. O Jean Pyerre ainda está no departamento médico e o Thiago em busca do melhor condicionamento. Não adianta colocar jogador com 50%, 60% e você perder o meio – falou o treinador.

Thiago Neves aguentou até os 33 minutos do segundo tempo, quando deu lugar a Patrick. O comandante gremista até elogiou o desempenho do meia e explicou os motivos de ainda não conseguir se destacar nos jogos.

Grêmio x Juventude Arena Gauchão — Foto: Divulgação / Grêmio FBPA

Grêmio x Juventude Arena Gauchão — Foto: Divulgação / Grêmio FBPA

– Pelo que conheço do Thiago, não foi mal. Digamos que foi nota 7, mas ainda tem muito a evoluir. É muito inteligente, mas está há quase quatro meses sem jogar uma partida desde o início. Precisa de ritmo. Contamos bastante com ele – agregou Renato.

Na chegada da delegação gremista ao hotel em Cali, no fim da tarde de domingo, o meia conversou rapidamente com a imprensa sobre o desempenho no fim de semana e a expectativa de estar em campo na terça-feira. Thiago mostrou-se confiante e esperançoso para seguir no processo de ganho de ritmo de jogo.

– (A falta de ritmo) É natural, fiquei muito tempo sem jogar. Estou levando um bom tempo na minha preparação, não quero forçar muita coisa, mas acho que já estou preparado. Vou ganhar ritmo de jogo jogando. É importante para o jogador ter uma sequência para entrosar o mais rápido possível – declarou Thiago.

Thiago Neves em entrevista na chegada a Cali — Foto: Eduardo Moura

Thiago Neves em entrevista na chegada a Cali — Foto: Eduardo Moura

Mesmo assim, o técnico dá indícios de que usará novamente os três volantes em Cali. A escalação com Lucas Silva, Matheus Henrique e Maicon foi usada na semifinal do primeiro turno do Gauchão, contra o Inter, e na final, diante do Caxias.

No Gre-Nal, o Tricolor foi superior ao rival no primeiro tempo, com direito a dois gols anulados. Já no segundo, foi dominado em alguns momentos, mesmo com um jogador a mais. Na decisão da Taça Ewaldo Poeta, o esquema não funcionou. Foram poucas chances criadas e a consequente perda do título para o time da Serra.

O Grêmio realiza o único treino antes do jogo contra o América de Cali na tarde desta segunda-feira, com portões fechados. Na terça, às 21h30, entra em campo no Estádio Olímpico Pascual Guerrero para a estreia na Libertadores.



Veja também