Apático, Grêmio joga mal e cai diante do Toluca na estreia da Libertadores

Tricolor esteve com um a mais durante boa parte do jogo mas acabou sofrendo gols de Triverio

18 de fevereiro de 2016 - Às 02:09
Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

O Grêmio estreou na Libertadores na madrugada desta quinta-feira no estádio Nemesio Díez, na cidade de Toluca, no México. E o resultado não foi o esperado. O Tricolor perdeu por 2 a 0 não tendo feito um bom jogo mesmo estando com um jogador a mais durante a maior parte do jogo. O excesso de passes errados atrapalhou. A torcida criticou a falta de raça e vontade da equipe.

Escalação inicial: Marcelo Grohe, Wallace Oliveira, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira, Edinho e Maicon, Douglas, Giuliano e Everton, Luan.

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou bastante movimentada, com o Toluca mantendo mais a posse de bola e se apresentando no campo de ataque, porém, sem criar grandes oportunidades. A primeira grande chance da partida foi de Everton que aos 28 minutos recebeu passe de Douglas e na cara do gol bateu para fora.

Everton quase marcou (Foto: Eduardo Moura)
Everton quase marcou (Foto: Eduardo Moura)

Aos 33, Maicon bateu de fora e obrigou o goleiro Talavera a espalmar para escanteio. Aos 35 minutos, em meio a catimba, o meia Douglas provocou Velasco, que revidou com um soco. O árbitro viu e expulsou o jogador mexicano, deixando o Grêmio com um a mais em campo.

O time do Toluca não conseguia criar oportunidades, e o Tricolor, mesmo com um a mais, não se arriscava muito ao ataque. Aos 45, os Mexicanos tiveram boa chance em toque de cabeça, mas Grohe segurou firme.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final começou ruim para o Grêmio. Logo cedo, antes de 2 minutos de jogo, Triverio recebeu cruzamento na segunda trave, às costas de Fred e livre cabeceou no canto de Grohe, para abrir o placar.

Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

O Tricolor não conseguia reagir e o Toluca continuava chegando com perigo. Aos 9, após cobrança de falta, Grohe espalmou. Dois minutos depois, em contra-ataque, o goleiro saiu nos pés do adversário para evitar o segundo gol mexicano.

O Grêmio não conseguia criar oportunidades. Luan, aos 19 foi quem chegou mais perto em chute de longe, mas sem perigo. O Toluca abusava das tentativas de bola aérea e assustou aos 21 minutos em toque de cabeça de Paulo da Silva.

Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

Aos 30 minutos, Triverio sofreu pênalti de Geromel. O próprio Triverio cobrou e ampliou para os donos da casa. O Grêmio já não tinha mais forças para reagir mesmo com as alterações de Roger na equipe durante a etapa final. O Tricolor até terminou com maior posse de bola, porém sem efetividade. O time mexicano finalizou muito mais.



Veja também