O Grêmio visitou o Athletico na noite desta quarta pela 35ª rodada do Brasileirão e acabou derrotado por 2 a 0 em uma partida de pouca inspiração. O Tricolor foi dominado e não conseguiu reagir. O resultado mantém o Grêmio em 4º, e ainda não conseguiu confirmar vaga na fase de grupos da Libertadores.

Escalação inicial: Paulo Victor, Kannemann, Geromel, Cortez, Galhardo, Matheus Henrique, Alisson, Michel, Luciano, Everton e Tardelli

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou equilibrada com as duas equipes buscando manter a posse de bola. Foi o Athletico que assustou primeiro, aos 9 minutos. Rony fez jogada e cruzou rasteiro para Cirino que bateu forte, rente a trave.

Aos 18, Tardelli arrancou e da entrada da área bateu fraco, facilitando para o goleiro. O Athletico marcava adiantado, sufocava a saída de bola do Grêmio que não conseguia jogar, não conseguia criar oportunidades claras de gol. Aos 25, Alisson teve uma boa chance de cabeça, mas desperdiçou.

O Athletico estava em cima e chegou ao gol aos 32 minutos. Márcio Azevedo passou pela marcação como quis, invadiu a área e mesmo quase sem ângulo bateu forte, a bola tocou na trave e entrou, para festa da torcida mandante. E o time paranaense não diminuiu de intensidade e seguiu em cima, pressionando em busca do segundo gol.

A partida se encaminhou ao final, sem reação do time gremista em um primeiro tempo de bastante intensidade apesar de poucas oportunidades de gol, especialmente por parte do Grêmio.

SEGUNDO TEMPO
Para a segunda etapa, pouco mudou por parte do Grêmio. Sem criatividade, o Tricolor via o Athletico com a bola e com mais intensidade na partida. O Grêmio teve chance em toque de cabeça aos 10 minutos, mas o goleiro Santos defendeu.

O Athletico teve pênalti a favor aos 18 minutos após toque de mão de Matheus Henrique na área flagrado pelo VAR. Nikão bateu e converteu. Diego Tardelli acabou expulso na sequência por chute no atacante do time paranaense.

Com 2 a 0 no placar e um homem a mais, o jogo ficou todo para o time da casa que mantinha a posse de bola ao som de ‘olé’ da torcida. Aos 34, Paulo Victor fez boa defesa em chute de fora da área de Erick.

O Grêmio não conseguiu reagir e o Athletico assegurou o resultado de forma tranquila.



Veja também