A campanha do Grêmio no Campeonato Brasileiro sub-17 deste ano atraiu a atenção do torcedor para alguns jovens da categoria, que daqui a alguns anos podem render frutos ao clube. Jefinho é um deles. Autor de um golaço na derrota para o Palmeiras na final, o garoto chama atenção pela habilidade e pela pouca idade.

Com apenas 15 anos, o meia-atacante passou todo o ano de 2022 no time sub-17 do Grêmio e ganhou destaque neste Brasileiro. O desempenho dentro de campo, jogando com garotos mais velhos, o fez chegar na base da seleção brasileira pela primeira vez.

Titular da categoria, Jefinho foi um dos destaques da equipe na semana passada, quando o Tricolor decidiu o título do Brasileirão contra o Palmeiras, dentro da Arena. O Grêmio foi derrotado por 2 a 1, de virada, e ficou com o vice-campeonato da competição.

O jovem jogador gremista foi quem abriu o placar com um potente chute de fora da área, em que a bola bateu no travessão antes de morrer no fundo do gol. Terminou a competição com três gols, na vice-artilharia.

Mas não é de agora que o meia é tratado como uma das promessas do clube. Desde o início do ano, o estafe do atleta se reúne com o Grêmio para discutir o futuro do jogador e negociar o primeiro contrato como profissional. Ele só pode assinar o vínculo quando completar 16 anos, o que acontece no próximo dia 14 de dezembro.

O movimento do Grêmio de já discutir questões contratuais, mesmo sem poder assinar ainda, já indica que o clube trata o jogador como um potencial para brilhar no futuro com a camisa tricolor. Além disso, sabe que o meia já pode despertar interesse do clubes do exterior, principalmente pelas convocações para a seleção. Jefinho foi chamado pela primeira vez no final de outubro para a seleção sub-17, que se prepara para o Sul-Americano da categoria em 2023.

– Recentemente recebi com muita alegria a minha primeira convocação para a seleção brasileira sub-17 e pude passar um período de preparação com a seleção visando o Sul-Americano da categoria. Vou seguir trabalhando forte no dia a dia do clube, para que eu possa ser convocado para defender a nossa seleção nesse torneio e ajudar o Brasil a se classificar pro Mundial da categoria – celebrou o jovem.

Jefinho comemora gol contra o Palmeiras — Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio

Jefinho comemora gol contra o Palmeiras — Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio

Após o término do Brasileirão, Jefinho foi alçado a uma categoria acima e tem treinado com o time sub-20. Boa parte do time vice-campeão também fez o mesmo movimento e agora o garoto almeja uma participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano que vem.

Natural de São Pedro da Serra, no interior gaúcho, Jefinho chegou a Porto Alegre, nas categorias de base do Grêmio, em 2017, com apenas 10 anos. Aos poucos foi ganhando oportunidades, apesar da baixa estatura, e quando completou 15 anos passou a pular etapas e ganhar mais visibilidade.



Veja também