Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Autointitulado “Rei de Copas”, o Grêmio terá que abraçar o Brasileirão. Relegado nos últimos anos para lutar pelos títulos da Copa do Brasil e Libertadores, o campeonato nacional é o que resta para o time após as eliminação dos outros dois torneios.

O título é quase uma utopia, mas a configuração atual da tabela mostra que é possível sonhar com a vaga na competição continental de 2020, tanto pelo G-6 quanto pelo G-4. O Tricolor ocupa a sétima colocação, com 41 pontos, um a menos que o Inter, sexto colocado, e a cinco do São Paulo, que fecha o grupo de vaga direta à fase de grupos da Libertadores.

O sonho do tetra continental virou frustração com a goleada por 5 a 0 sofrida para o Flamengo na última quarta-feira. Antes, a equipe já tinha caído na semifinal da Copa do Brasil para o campeão Athletico-PR.

A queda abriu feridas, que precisam cicatrizar até domingo, quando a equipe recebe o Botafogo, na Arena, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. É o momento de juntar forças e retomar a caminhada. Renato Gaúcho tomou a primeira medida e apareceu na entrevista coletiva de sexta-feira, algo pouco comum no clube.

De peito aberto, o treinador discorreu sobre o vexame no Rio de Janeiro e a quase obrigação de buscar a vaga na Libertadores do ano que vem via Série A. Disse que o grupo está envergonhado, nas cordas, mas não na lona.

– A partir de domingo, temos que virar a chave, buscar o G-4 com esses mesmos jogadores. Espero mais do que nunca que o torcedor esteja com todo mundo que entrar em campo. O Grêmio estava há três anos numa fila enorme, muito sofrimento. É esse mesmo grupo que pode ter a retomada das alegrias – destacou Renato.

Outrora deixado de lado, com inúmeras preservações de atletas, o Brasileirão virou a salvação da lavoura tricolor na reta final da temporada. A 11 rodadas do fim, serão seis jogos em casa e cinco fora. Os matemáticos calculam que 60 pontos garantem a equipe pelo menos no G-6. Para isso, faltariam 20.

“Temos mais 11 jogos e coisas para ganhar no Brasileirão” (Duda Kroeff, vice de futebol)

–No futebol, você só reverte trabalhando. Vamos fazer isso dia a dia, com muita humildade, para colocar o Grêmio no G-4 e Libertadores do ano que vem – decretou o atacante Alisson, ainda no Maracanã.

O Grêmio treina na manhã deste sábado e inicia a concentração para enfrentar o Botafogo, às 16h de domingo, na Arena. O jogo é válido pela 28ª rodada da Série A. O Tricolor ocupa a sétima posição, com 41 pontos.



Veja também