Antes de anúncio, diretor e médico do Grêmio vão à Granja e acompanham exames de Caio Henrique

Depois de Reinier com o Real Madrid, gremistas se antecipam à documentação do Atlético de Madrid para realizar procedimentos antes de viagem para a Colômbia

15 de janeiro de 2020 - Às 06:13
Foto: Divulgação / CBF

Titular da seleção sub-23 que vai disputar o pré-olímpico, o lateral-esquerdo Caio Henrique, ex-Fluminense, deu dois passos a mais na direção do Grêmio. Nesta terça-feira, o jogador passou por exames físicos e médicos acompanhado do executivo de futebol do Grêmio, Klauss Câmara, e o médico do clube, Marcio Dorneles. O clube gaúcho ainda espera o documento de liberação do empréstimo do Atlético de Madrid para formalizar o anúncio oficial.

A expectativa é de que o clube espanhol envie a papelada para o Grêmio nesta quarta-feira, dia da viagem da seleção brasileira sub-23, o que inviabilizaria os testes de Caio ainda em solo brasileiro. Por isso, os gremistas se anteciparam e foram até Teresópolis, acompanhados de Lecca De Camargo, um dos representantes de Caio Henrique.

Caio não foi o primeiro a usar a Granja para exames médicos e garantir a transferência. No fim da última semana, Reinier recebeu corpo médico do Real Madrid e representantes do Flamengo para passar por bateria de testes.

O empréstimo de Caio Henrique, que atuou em 2019 pelo Fluminense, vai até o final do ano. A seleção brasileira sub-23 viaja para a Colômbia no início desta quarta-feira, com voo marcado para as 6h (de Brasília). A antecipação do jogo-treino e da viagem inviabilizariam a ida de Caio até Porto Alegre para realizar exames no clube gaúcho. O negócio só será anunciado assim que o Atlético de Madrid liberar a documentação de Caio Henrique.



Veja também