André admite cobrança por gols, diz que Grêmio privilegia pontas e minimiza pressão da torcida

24 de julho de 2019 - Às 06:24

Personagem de uma queda de braço entre Renato e a torcida do Grêmio, André admite uma cobrança própria com o tempo sem balançar as redes – são mais de 500 minutos sem fazer gol. No entanto, o centroavante afirma que o time não joga apenas para o centroavante e minimiza a pressão sobre seu desempenho.

O jogador mantém a confiança alta para marcar no duelo com o Libertad, nesta quinta-feira, às 21h30, pelas oitavas de final da Libertadores. Protagonista de vaias na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Bahia, André garante que a reação dos fãs não atrapalha seu rendimento.

– O torcedor é emoção, né? Ele vai vaiar, vai aplaudir. Você vai ser ídolo, vai ser odiado. Tudo ao mesmo tempo. Eu sei como é isso. Estou super tranquilo. Sei da minha qualidade. Claro que o ideal seria o apoio, por dar mais tranquilidade e confiança. Mas estou bem focado e não deixo nada de fora me atrapalhar – disse o centroavante em entrevista coletiva nesta terça-feira.

André fala sobre seu momento no Grêmio — Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com

André fala sobre seu momento no Grêmio — Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com

O atacante não marca desde o dia 5 de maio, na derrota para o Fluminense, na Arena, pelo Brasileirão. Naquela ocasião, ainda deu uma assistência. São três gols feitos e seis passes para gol – é o líder do elenco no quesito com Luan e Jean Pyerre.

“Essa viradinha de chave é o gol. Vai sair na hora certa. Não adianta eu me cobrar, vou trazer uma carga a mais para mim” (André)

Ele, claro, se mantém confiante que o gol vai sair depois de mais de 500 minutos de jejum. Em uma análise sobre a equipe, declarou que os pontas acabam como “privilegiados” no sistema de jogo de Renato Gaúcho.

– Se eu não seguir (confiante), quem vai seguir, né? Claro que eu vivo de gols, estou acostumado a fazer e me cobro em relação a isso. Vivo situação atípica aqui, porque também é um time que não joga só para o centroavante, é o pessoal dos lados que faz mais gols. Tem que ter paciência e saber disso – analisou o centroavante.

O Grêmio treina ainda na tarde desta quarta-feira antes do jogo com o Libertad, na quinta, às 21h30, pelas oitavas de final da Libertadores. André deve ser titular na partida.



Veja também