Foto: Eduardo Moura

Mesmo com a vantagem obtida sobre o Cruzeiro na semifinal da Copa do Brasil, o assunto mais falado no Grêmio tem nome e sobrenome: Pedro Geromel. A lesão muscular que vai tirar de ação o zagueiro por três semanas trouxe uma nuvem de incerteza para a torcida gremista. Mais ainda por conta do seu provável substituto. Bressan não conta com a confiança dos tricolores, o que tem de sobra entre Renato e seus companheiros.

Seu amigo pessoal, Ramiro, foi o primeiro a elogiar e valorizar o companheiro. O volante, em entrevista coletiva, afirmou que Bressan trabalha duro no dia a dia e está preparado para receber a oportunidade – como já vem ocorrendo no Brasileirão. Além disso, citou que ele precisa é ter a confiança de Renato e dos companheiros, o que já ocorre. Em 2017, Bressan já substituiu o titular em várias oportunidades.

– Desconfiança, se existe, não é dos atletas e comissão. Ele tem a confiança do elenco e do Renato, que é o mais importante. Existe com ele e qualquer outro jogador, temos um grupo capacitado e forte. Ele com certeza está preparado, trabalha muito durante a semana, se dedica nos treinamentos, vem merecendo. Se for o escolhido vai dar conta do recado e fazer o seu melhor para ajudar o Grêmio – opinou Ramiro.

A própria torcida, no Twitter, iniciou uma campanha para abraçar o jogador, que passou por um momento ruim especialmente em 2016. Ainda com Roger no comando, foi muito vaiado pelos gremistas e acabou emprestado para o Peñarol, do Uruguai, de onde voltou no início desta temporada com o aval de Renato. Chegou a morar com Ramiro, justamente por não ter local para residir em sua volta a Porto Alegre.

– Sempre ficamos tristes quando perdemos um colega, faz parte da nossa profissão. Acontece em determinados momentos, ficamos tristes por ser em momentos decisivos. Mas temos que enaltecer a força do grupo, quem entrar vai dar conta do recado – disse o meio-campista.

Para a defesa, Renato tem Bruno Rodrigo como opção, embora na hierarquia esteja abaixo de Bressan e Thyere. Este último voltou a correr nesta quinta, mas está se recuperando de lesão no tornozelo esquerdo e provavelmente não terá condições de jogar na próxima quarta, em Belo Horizonte, conforme o médico Márcio Bolzoni.

Ramiro e Bressan no apartamento do volante (Foto: Eduardo Moura/GloboEsporte.com)



Veja também