Alisson explica dobradinha com Victor Ferraz e reforça torcida por Pepê na seleção sub-23

7 de fevereiro de 2020 - Às 18:58

O ano de Alisson começou da melhor maneira. O meia-atacante tem sido um dos destaques do Grêmio nas primeiras partidas do ano e mostra cada vez mais entrosamento com Victor Ferraz, seu parceiro pelo lado direito. Nem mesmo a sombra crescente de Pepê tira a sua tranquilidade. Pelo contrário: o meia-atacante revela torcida pelo sucesso do companheiro com a seleção sub-23.

Alisson é um dos destaques do Grêmio no início de temporada — Foto: Eduardo Moura

Alisson é um dos destaques do Grêmio no início de temporada — Foto: Eduardo Moura

Nos primeiros jogos do Grêmio no ano, Alisson e Victor Ferraz tem feito uma dupla de sucesso com tabelas e jogadas de combinação pelo lado direito. O meia-atacante elogiou o companheiro contratado para 2020 e diz que sua experiência ajuda a acertar a movimentação.

– A gente ficou triste pela situação do Leonardo, vivendo momento maravilhoso na carreira e aconteceu a lesão. Agora chegam dois grandes jogadores, Victor e Orejuela. O Victor tem pouco tempo de clube e está se sentindo em casa, fica fácil quando tem alguém que te orienta, tem qualidade para fazer isso também. Muito tempo de Santos, ele vem me ajudando também. Tentamos fazer o simples dentro do que o Renato vem nos pedindo – avaliou.

Na próxima semana, Alisson verá a concorrência aumentar. Pepê retorna de período na seleção brasileira sub-23 na disputa do Pré-Olímpico. O Brasil joga com a Argentina no próximo domingo com a vaga para a Olimpíada de Tóquio em jogo. O camisa 23 torce para o companheiro ser decisivo, já que agora é o artilheiro da Seleção, com três gols.

– Sem dúvida, fico muito feliz pelo crescimento, sou um amigo dele dentro do grupo, fico brincando muito com ele e fico feliz pelo momento que está vivendo. É um jogador de muita qualidade, um craque que vai nos ajudar muito, como o Everton evoluiu para chegar na seleção. Não disputamos, todo mundo se respeita, infelizmente no futebol só jogam 11. Time grande é assim, onde você estiver vai ter alguém brigando ali com você. Que ele possa decidir agora essa vaga aí, estão fazendo um grande trabalho – destacou Alisson.

O Grêmio encara no fim de semana o Aimoré, às 16h de domingo, no Cristo Rei. O Tricolor briga pela primeira colocação do Grupo B com o Caxias, que precisa no máximo de um empate para dar esta chance aos gremistas.



Veja também