O volante Fernando Henrique é alvo do interesse do Al Ain, dos Emirados Árabes, e do Grupo City, conglemerado de equipes, a mais importante o Manchester City. As duas instituições fizeram consultas pelo jogador do Grêmio recentemente.

O cenário mais concreto é do clube dos Emirados, que fez contato com o empresário do jogador, Marcelo Pacheco, inclusive para buscar informações sobre valores para uma possível transferência. No entanto, a intenção do Grêmio não é liberar o volante no momento.

O Al Ain não deixou claro quanto pretende oferecer em uma proposta, mas as tratativas indicaram uma quantia próxima dos US$ 5 milhões (R$ 25 milhões). O Tricolor já foi informado do interesse do clube dos Emirados — a janela local vai até o próximo mês.

Fernando Henrique com o empresário Marcelo Pacheco — Foto: Marcelo Campos/Divulgação

Fernando Henrique com o empresário Marcelo Pacheco — Foto: Marcelo Campos/Divulgação

O Grupo City, que tem prospectado diversos jovens no futebol brasileiro nas últimas temporadas, também fez contatos iniciais para se informar sobre a situação do volante. O estilo de jogo de Fernando foi citado nas conversas. Recentemente, o grupo contratou Diego Rosa, que sequer estreou pelo Tricolor e atualmente está no Lommel, da Bélgica.

O entendimento é que o momento do Grêmio dificulta uma sequência de jogos aos jovens. Felipão tem usado os jogadores mais experientes para tentar reagir na briga contra o rebaixamento.

O volante de 20 anos chegou ser titular no início do treinador até Thiago Santos estar recuperado. Fez 16 partidas na temporada 2021, sua primeira no grupo principal.

Fernando Henrique renovou com o Grêmio no ano passado até o final de 2024 com multa rescisória de 40 milhões de euros (R$ 245 milhões). O clube gaúcho tem 60% dos direitos econômicos do atleta.



Veja também