Foto: Eduardo Moura

O Grêmio trabalhou nesta terça-feira o que tem sido o maior problema até agora na Série B: as finalizações. O elenco fez uma atividade para aprimorar os arremates, mas repetiu as dificuldades dos jogos.  

Nos momentos abertos à imprensa, o treino comandado por Roger Machado não indicou time. Mas Nicolas, Diego Souza e Edilson devem ser as novidades contra o Guarani, na quinta.

Os laterais participaram da fase de cruzamentos, enquanto o centroavante tem retorno garantido, já que é o titular. Rodrigues esteve como zagueiro no exercício. 

Roger separou os jogadores do setor ofensivo e orientou os movimentos até as finalizações. O rendimento, no geral, não foi bom. Muitos erros no alvo e chutes defendidos sem dificuldade pelos goleiros. 

Primeiro, dois cruzamentos de cada lado eram feitos para os zagueiros. Depois, era cruzada uma bola de cada lado para centroavante e ponta do lado oposto entrarem na área. 

Na sequência, havia a construção de uma troca de passes desde o sistema defensivo até o cruzamento na área para os três atacantes e um meio-campista. 

Ao fim, volantes faziam lançamentos para os pontas na área, em diagonal. E os atletas, todos de frente, revezavam chutes no gol. 

Provável Grêmio: Brenno; Edilson, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva e Bitello; Campaz, Ferreira e Diego Souza. 

O Grêmio ainda faz uma atividade com portões fechados na quarta-feira antes do jogo com o Guarani. A partida está marcada para as 16h30 de quinta, na Arena. A equipe está em 17º lugar na tabela.



Veja também