Depois da classificação à final da Copa do Brasil, o Grêmio adentrou 2021 com o pé direito ao vencer o Bahia na última quarta-feira pelo Brasileirão. A oito pontos do líder São Paulo, o Tricolor se permite sonhar com o título. Mas precisará de um aproveitamento superior a 80% nos 11 jogos que lhe restam.

O time gaúcho está há 13 rodadas sem derrota e somou 24 pontos nos últimos 10 jogos pela competição. É o melhor desempenho recente diante dos principais concorrentes ao título (veja o comparativo abaixo). Contudo, deixou o G-4 na noite de quinta após a vitória do Inter sobre o Ceará.

ÚLTIMAS 10 RODADAS

Pontos somadosVitóriasEmpatesDerrotas
Grêmio (5º)2473
Palmeiras (6º)22712
São Paulo (1º)20622
Atlético-MG (3º)17523
Flamengo (4º)15433
Inter (2º)15433

Fonte: ge

Dos seis primeiros, Grêmio, Atlético-MG e Flamengo têm um jogo a menos que os demais. Portanto, o trio ainda possui 11 rodadas pela frente, enquanto o São Paulo e o Inter, 10. Já o Palmeiras, que folgou novamente, está duas partidas atrás dos concorrentes. Se vencê-las, fica a seis pontos do líder São Paulo – mantendo a tabela atual.

O Grêmio enfrentará três candidatos ao rebaixamento (Fortaleza, Coritiba e Botafogo) e cinco que brigam pelo topo (Palmeiras, Atlético-MG, Inter, Flamengo e São Paulo). Pode atingir no máximo 81 pontos.

Diego Souza comemora gol do Grêmio contra o Bahia — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Diego Souza comemora gol do Grêmio contra o Bahia — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Com improváveis 100% de aproveitamento nos jogos que restam, o São Paulo chegaria a 86 pontos; Inter, 83; Atlético-MG e Flamengo, 82; e Palmeiras, 80.

Porém, de acordo com o matemático Tristão Garcia, a pontuação média para qualquer time ser campeão brasileiro nesta edição é de 76 pontos, com 99% de chance. Sendo assim, pegue sua calculadora e confira a projeção para um dos seis primeiros faturar o título:

  • Grêmio precisa fazer 28 pontos de 33 possíveis (84,8% de aproveitamento);
  • São Paulo precisa somar 20 pontos de 30 (66,6%);
  • Atlético-MG e Flamengo precisam somar 27 pontos de 33 (81,8%);
  • Inter precisa somar 26 pontos de 30 (86,6%);
  • Palmeiras precisa somar 32 pontos de 36 (88,8%).

Falei lá atrás, o Grêmio não desistiu do Brasileiro ainda, tem muita coisa para se disputar. Mas os jogos agora ficam mais difíceis, porque agora você pega um adversário sempre que briga por título, pela Sul-Americana, contra o rebaixamento. É só carne de pescoço.— Renato Portaluppi, técnico

Portanto, é fundamental que o Grêmio vença o Fortaleza no próximo sábado, no Castelão. Ainda mais importante será somar pontos nos quatro jogos seguintes, todos confrontos direto (veja a lista abaixo).

Enquanto a torcida gremista realiza cálculos, o grupo de jogadores encerra a preparação nesta sexta-feira antes do duelo com o Fortaleza. A partida está marcada para sábado, às 21h, no Castelão, pela 29ª rodada do Brasileirão. O Tricolor tem 48 pontos e está na quinta colocação.

> As rodadas restantes do Grêmio no Brasileirão:

  • 09/01: Fortaleza x Grêmio (29ª rodada)
  • 15/01: Palmeiras x Grêmio (30ª rodada)
  • 20/01: Grêmio x Atlético-MG (31ª rodada)
  • 24/01: Inter x Grêmio (32ª rodada)
  • 28/01: Grêmio x Flamengo (23ª rodada)
  • 31/01: Coritiba x Grêmio (33ª rodada)
  • 07/02: Grêmio x Santos (34ª rodada)
  • 13/02: Botafogo x Grêmio (35ª rodada)
  • 17/02: Grêmio x São Paulo (36ª rodada)
  • 21/02: Grêmio x Athletico-PR (37ª rodada)
  • 24/02: Bragantino x Grêmio (38ª rodada)


Veja também