Grêmio quita pendência e repassa valores ao Cascavel por venda de Bitello

O Grêmio repassou ao Cascavel o dinheiro da venda do meia Bitello ao Dínamo Moscou, da Rússia. O clube gaúcho confirmou o pagamento nesta quarta-feira e quitou com a pendência, que era motivo de uma reclamação da equipe paranaense na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD).

O Cascavel detinha 30% dos direitos econômicos de Bitello, vendido pelo Tricolor por 10 milhões de euros (cerca R$ 52 milhões na cotação da época). Pouco mais de R$ 15 milhões precisariam ser repassados pelo Grêmio, o que não havia ocorrido até esta quarta.

- O Grêmio informa que já realizou o repasse ao Futebol Clube Cascavel referente à venda do jogador Bitello ao Dínamo Moscou, da Rússia - diz comunicado do clube gaúcho.

Procurado, o Cascavel não respondeu à reportagem até a publicação desta matéria. O clube paranaense chegou a pedir a penhora de parte dos valores recebidos pelo Grêmio pela segunda colocação no Brasileirão. O clube gaúcho alega ter informado que faria o pagamento na reta final de 2023.

O Tricolor ainda tem 20% da chamada "mais-valia". Ou seja, vai receber o percentual da diferença entre o valor que foi pago por Bitello e o valor de uma futura venda, caso ele se valorize no futebol russo e seja negociado por mais de 10 milhões de euros.

Contratado pelo Grêmio em 2019, ainda para as categorias de base, Bitello estreou no profissional em 2021. No ano seguinte, passou a ter protagonismo, sendo vice-artilheiro da equipe na temporada. No total, o meia fez 93 jogos pelo Tricolor, com 19 gols e oito assistências.

Postar um comentário

Obrigado pela Visita, Deixe o seu comentário!

Caro visitante, leia as regras abaixo antes de comentar:
- Comente sobre o assunto da postagem;
- Os comentários são liberados, sem necessidade de escrever as letras de confirmação.
- Não faça comentários com xingamentos; Leia nossa regras aqui.

SANGUE AZUL

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Popular Items

Regras

Teste