Grêmio será julgado por confusão envolvendo torcida e BM

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva ou STJD, marcou para sexta-feira o julgamento do incidente envolvendo a torcida do Grêmio e a BM ocorrida no dia do jogo contra o Fluminense antes mesmo da partida ser iniciada.

O time gaúcho foi denunciado pelo procurador do STJD Paulo Schmitt, no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê pena de um a dez mandos de campo, além de multa entre R$ 100 a R$ 100 mil.


Foto: Luiz Munhoz/Ag do Estado
Na documentação do STJD, o artigo fala em "desordens em sua praça de desporto, invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo e/ou lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo".

Em súmula o árbitro do partida relatou o seguinte:

"Antes do início da partida e após adentrarmos ao campo de jogo, observamos um tumulto entre torcedores do Grêmio FBPA e a Brigada Militar na arquibancada norte. Fomos informados pelo responsável do policiamento (Sr. Tenente Pionner) que o responsável pelo início do tumulto foi retirado, identificado e detido, conforme boletim de ocorrência n° 222651 do Jecrim".

Caso seja punido, o Grêmio cumprirá a pena de mandos de campo no Campeonato Brasileiro, ficando assim, livre para jogar normalmente suas partidas na Copa do Brasil em casa.


Torcedores filmaram parte do ocorrido:



Adaptado: Globo Esporte
Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Popular Items

Regras

Teste