Veja como está o Libertad, adversário do Grêmio na Libertadores

Time paraguaio foi rival gaúcho na fase de grupos e agora retorna de pré-temporada com três jogos antes das oitavas de final

Por Giovani Mattiollo
- Às 12:16
34

O Grêmio volta a campo após a parada da Copa América na quarta-feira, quando faz o primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil diante do Bahia, na Arena. 

Os primeiros seis meses

O Libertad entrou na fase de grupos da Libertadores depois de eliminar o boliviano The Strongest e o colombiano Atlético Nacional nos mata-mata iniciais. Caiu na mesma chave do Grêmio e venceu os quatro primeiros jogos, um deles sobre o Tricolor, na Arena, e garantiu classificação às oitavas de final por antecipação no primeiro lugar, com 12 pontos.

No Campeonato Paraguaio, apesar da boa condição a nível continental, não houve surpresas. O Libertad ficou na terceira colocação do Apertura, atrás de Olimpia e Cerro Porteño, os principais times do país. Chama atenção, no entanto, uma estatística que engloba todos os jogos da temporada: em certo momento, os Gumarelos perderam somente duas vezes em 22 partidas.

Preparação para o 2º semestre

Como a temporada se inicia em julho no Paraguai, o Libertad fez pouco mais de 30 dias de pré-temporada. Nesse período, os comandados de José Chamot disputaram seis amistosos: venceram quatro e perderam dois.

View image on TwitterView image on TwitterView image on Twitter
Club Libertad@Libertad_Guma
 

En el entrenamiento de este lunes se sumaron Tacuara Cardozo, Iván Piris y Martín Silva tras estar al servicio de sus seleccionados en la Copa América

– Nos amistosos, o time teve bom desempenho. Chegaram dois jogadores, só um pode jogar a Copa Libertadores. E terá três jogos oficiais antes de enfrentar o Grêmio – conta Nelson Rivera, da Rádio ABC.

Chegadas e partidas

Uma das peças fundamentais do esquema de Chamot deixou o time e se transferiu para o Cerro Porteño. Trata-se de Ángel Cardozo Lucena, volante de 24 anos que atuou na derrota para o Grêmio no Defensores del Chaco.

Além do paraguaio, outros dois jogadores estão afastados da equipe principal. O lateral-direito Alan Benítez e o ex-camisa 10 Jorge Recaldenão renovaram seus contratos, os quais têm prazo até dezembro deste ano. De acordo com Rivera, eles possuem pré-contrato com o Olimpiae, por isso, estão fora dos planos para o restante da temporada.

Alfio Oviedo em sua apresentação pelo Libertad — Foto: Divulgação/Club Libertad

Alfio Oviedo em sua apresentação pelo Libertad — Foto: Divulgação/Club Libertad

Por conta das três perdas, o Libertad foi ao mercado. Mas a situação não é tão animadora. Diego Viera, zagueiro de 28 anos, reforça o elenco paraguaio apenas para competições nacionais. O defensor já disputou a fase de grupos da Libertadores pelo Godoy Cruz, da Argentina, e não poderá disputar a competição pelo atual clube.

As esperanças ficam por conta de Alfio Oviedo, com contrato de quatro temporadas. O jovem atacante pertencia ao Cerro Porteño, mas foi emprestado ao Newell’s Old Boys, da Argentina, pelo qual não aprovou. Chega para o Libertad em negócio que envolveu a ida de Lucena ao Ciclón.

 
Como joga
 — Foto: Arte / GloboEsporte.com

— Foto: Arte / GloboEsporte.com

A defesa que enfrentou o Grêmio nas duas partidas da fase de grupos tem leves mudanças, mas os principais jogadores se mantêm, como o goleiro Martín Silva e o lateral-direito Iván Piris, que enfrentou Everton mais uma vez no confronto entre Paraguai e Brasil, pelas quartas de final da Copa América.

Os volantes Mejía e Rivero também duelaram contra o time gaúcho, mas é no setor ofensivo que as trocas são mais efetivas. Bareiro, autor do gol da vitória paraguaia na Arena, e o afastado Recalde ficam para trás. A esperança na armação das jogadas recai sobre o veterano colombiano Macnelly Torres, de 34 anos, que ganha nova chance de Chamot.

Iván Franco em ação pelo Libertad — Foto: Divulgação/Libertad

Iván Franco em ação pelo Libertad — Foto: Divulgação/Libertad

Mesmo com a chegada de Oviedo, as atenções estão voltadas a outro jovem. O meia Iván Franco, de 19 anosestá na mira do Paris Saint-Germain, da França. O clube francês monitora os passos da joia paraguaia para uma futura investida.

– A diretoria confirmou que existe um início de negociação entre o PSG e o Libertad para levar o jovem. É muito promissor. O mais provável é que não seja transferido nesta janela – diz Rivera.

Veja também

Comentários