Por Giovani Mattiollo
- Às 21:42
6

ESTADÃO CONTEÚDO

A última ponta do troca-troca entre Grêmio e Cruzeiro travou a continuidade das negociações de Luan por Thiago Neves, Murilo e Raniel. O atacante gremista teve contato com o presidente Romildo Bolzan no qual ficou apalavrado um acordo pela permanência do jogador em 2019 em Porto Alegre.

Durante a semana, Grêmio e Cruzeiro conversaram e trataram da possibilidade de uma negociação mútua. Luan comunicou o desejo de seguir no clube gaúcho e nem escutou a proposta mineira.

As negociações por Thiago Neves – nome indicado por Renato Portaluppi – seguem vivas. O clube gaúcho ofereceu proposta oficial de R$ 5 milhões pela aquisição dos direitos econômicos do camisa 30 – a Raposa pede R$ 8 milhões pela liberação. Mas, caso Luan não vá para Belo Horizonte, deverá dificultar uma negociação por esse valor.

A diretoria do Cruzeiro foi procurada durante todo o dia para comentar sobre a situação, mas continua sem se pronunciar sobre a situaão. Nos bastidores, os diretores batem o pé e dizem que não vão facilitar, caso os moldes pensados anteriormente não sejam mantidos. Destaca-se que já havia um acordo encaminhado entre os jogadores do Cruzeiro com a direção gremista, mas com a situação de Luan, tudo pode mudar.

Thiago Neves ainda está na mira gremista  — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Neves ainda está na mira gremista — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Especulações pelo país

Além do Cruzeiro, o nome de Luan foi especulado em outros clubes do Brasil. O Flamengo procurou o Tricolor gaúcho para ver a possibilidade de transferência. O Rubro Negro acenou com a possibilidade de um valor e mais atletas. Por outro lado, não chegou a enviar proposta oficial.

Em São Paulo, um emissário do atacante procurou o Palmeiras para avaliar a possibilidade de envolver o camisa 7 em um negócio. A proposta envolveria o pacotão Victor Luis, Raphael Veiga e Thiago Santos, além de 5 milhões de euros (R$ 22 milhões).

(*) Colaboraram Gabriel Duarte e Tossiro Neto.


Comentários