Sem acerto, Grêmio deve desistir da contratação de Gonzalo Carneiro

Centroavante de 22 anos está com lesão no púbis

Por Giovani Mattiollo
- Às 21:24
21

O Grêmio deve desistir da negociação por Gonzalo Carneiro. Como o centroavante precisará de um período maior do que o projetado inicialmente para se recuperar de uma lesão no púbis, o clube gaúcho tentou mudar o modelo de negócio com o Defensor-URU e o empresário do atleta, Pablo Bentacour. As primeiras respostas dos uruguaios não foram positivas e existe a expectativa de que as alternativas propostas pelo Grêmio não sejam aceitas.

— Queremos um outro modelo de negócio, por conta do período de recuperação e adaptação necessário para o atleta. Os valores estão cada vez mais distantes – lamentou Bolzan.

A negociação por Carneiro, 22 anos, estava bem encaminhada. Mas quando o atleta foi submetido a exames para analisar sua situação física – o clube enviou o médico Paulo Rabaldo ao Uruguai na última semana –, foi detectado que uma lesão antiga de púbis ainda não estava 100% curada. A previsão do departamento médico é de que será necessário um período superior a 30 dias até liberar o jogador para voltar aos treinos.

No acerto que estava alinhavado com Pablo Bentancour, o Grêmio compraria o jogador por cerca de R$ 3 milhões. Mas o clube ofereceu um valor menor nas últimas conversas, já que não poderia utilizar Carneiro a curto prazo.

O caso de Gonzalo Carneiro é parecido com o que acontece na tentativa de contratar André, do Sport. Os pernambucanos rejeitaram a proposta inicial do Grêmio e fizeram uma contraproposta que assustou. Sem revelar valores, Bolzan disse que a pedida é muito superior ao preço divulgado nos últimos dias.

– Nos pediram um valor muito acima do valor de mercado brasileiro – confirmou Bolzan.

Veja também

Comentários