Roger lamenta lesão de Bolaños e fica satisfeito com a atuação no Gre-Nal

Técnico Roger cedeu entrevista coletiva após o empate de 0 a 0 no Gre-Nal da Arena

Por Giovani Mattiollo
- Às 21:36
580
Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

O Gre-Nal deste domingo, o primeiro de 2016 ficou mesmo no zero a zero, na Arena, que teve recorde de público. A partida era válida pelo Gauchão e também a Primeira Liga. O técnico Roger falou sobre a partida e elogiou a boa atuação do Grêmio, mas também lamentou a lesão de Bolaños:

– O que a gente lamenta é ele ficar parado pela violência do gesto, mas fazer o que? Com relação ao jogo, acho que a gente fez um belo jogo, dominamos durante a maior parte da partida e se tivesse que alguém sair vencedor, seria a gente. Mas isso fica em segundo plano em função disso. Foi um grande jogo, uma bela atuação. Como eu disse, um jogo do mesmo nível do meio da semana, só o placar que não se alterou do zero. Todos nós estamos de parabéns pela partida e desejar boa recuperação para o Miller, que vai nos fazer falta – afirma o treinador.

Foto: Lucas Uebel

No segundo tempo, o treinador viu que o Grêmio continuou melhor em campo apesar do equilíbrio do Inter após alterações de Argel. O técnico também afirmou que a lesão de Bolaños não mexeu com os ânimos dos jogadores:

– Para mim, foi de equilíbrio, de retomada do jogo, de questões de jogo. O Inter veio com postura diferente, corrigindo o que nos deu vantagem no primeiro tempo. Em algum momento, claro que sabendo que teu companheiro foi agredido no campo da forma como foi, mesmo involuntariamente, acaba mexendo um pouco. Mas não a ponto de revidar e tirar concentração. Não foi possível ganhar, mas o jogo ficou no campo. No final, houve uma expulsão, que eu não entendi, mas ficou no campo – avalia.

O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira diante do San Lorenzo, pela Libertadores.

Veja também

Comentários