Por Giovani Mattiollo
- Às 08:07
51

Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

O jogo do Grêmio foi complicado, até pelas qualidade e estilo do Corinthians. Só que o Tricolor saiu da Arena, em Itaquera, irritado com o empate em 0 a 0, neste sábado, pela quarta rodada do Brasileirão. A mudança de decisão do árbitro Marcelo de Lima Henrique ao anular o pênalti na jogada de Everton causou revolta no clube gaúcho.

A polêmica da partida ocorreu ainda antes do intervalo. Aos 44 minutos, Everton cruzou dentro da área. A bola bateu no braço de Fágner. O árbitro deu pênalti. Porém, acabou chamado pelos companheiros que ficam no vídeo. Após analisar no VAR, entendeu que o lance não originava irregularidade.

– Eu não gosto de falar de arbitragem. Os especialistas estão aí e tenho que respeitar. Eu achei pênalti, mas é a interpretação do árbitro. Ele analisou no VAR. Cabe a vocês e os especialistas. Eu presto atenção no jogo e respeito a decisão – comenta Renato.

Se o treinador discordou da decisão, mas evitou aumentar o tom, o mesmo não pode-se dizer da cúpula. O diretor de futebol Alberto Guerra evidenciou a irritação. O dirigente jogou no ar ao deixar a dúvida sobre qual seria o posicionamento se fosse a favor do Corinthians.

– Minha pergunta é se fosse para o Corinthians, o que ele daria? Aceito a interpretação. O que é perto? Precisa estar grudado? Na minha opinião foi pênalti, mas ele entendeu que o braço estava colado ao corpo. Só penso se fosse contrário se ele recorreria ao VAR – insinuou.

Renato elogia atuação

As entrevistas não ficaram apenas na anulação da marcação do pênalti. Renato também falou sobre a partida. O técnico gostou da postura gremista, ainda mais pela forma com a qual o Corinthians se portou.

– O Grêmio jogou bem. Uma partida bem tática. A equipe do Carille marca bastante, aproveita os contra-ataques. O resultado em si foi muito bom. Não é fácil sair com ponto daqui – analisa.

Com o resultado, o Grêmio soma apenas dois pontos e ocupa o 17º lugar, na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time de Renato Gaúcho enfrenta o Ceará. A partida está marcada para o dia 19 de maio, às 19h, no Castelão, em Fortaleza.


Comentários