Foto: Reprodução / Twitter

O Grêmio realizou na manhã desta sexta-feira o único treino que terá antes de enfrentar o Bahia, no estádio do Pituaçu, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Para montar a equipe, que terá nove desfalques, Renato Portaluppi optou por um trabalho com portões fechados em Salvador para ganhar privacidade e poder escolher quem será o atacante pelo lado direito contra o Tricolor baiano.

Entre lesões e convocações para seleções, Kannemann, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira, Cortez, Luan, Matheus Henrique e Alisson já estavam fora e não atuaram contra o Juventude na quarta-feira. Além deles, o volante Maicon, preservado, e o atacante Everton, que se apresentou à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América, não viajaram para Salvador.

A principal dúvida é entre Diego Tardelli ou Montoya pela direita de ataque. A tendência é pela utilização do atacante brasileiro no setor. Desta forma, o Grêmio deve entrar em campo com: Paulo Victor; Leo Gomes, Geromel, Rodrigues e Juninho Capixaba; Michel, Thaciano, Jean Pyerre, Tardelli (Montoya), Vizeu e Pepe.

O Grêmio enfrenta o Bahia, neste sábado, às 19h, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O time treinado por Roger Machado ocupa a oitava colocação com 10 pontos. O Tricolor gaúcho é o 18º com cinco. O líder é o Palmeiras com 13, mas a pontuação do clube paulista ainda está pendente devido ao julgamento do STJD em virtude do resultado da partida do Botafogo.



Veja também