Por Giovani Mattiollo
- Às 06:24
33

Nada de procurar desculpas. Para Renato Gaúcho, o Grêmio levou a virada por 5 a 4 do Fluminense na noite deste domingo, na Arena, pelos seus problemas. Os erros em profusão foram atribuído ao fato de alguns jogadores terem diminuído o ímpeto após o time abrir uma larga vantagem no início do jogo, mas o técnico fez questão de dividir a culpa entre todos. Com ele próprio, inclusive.

Em uma partida maluca, o Tricolor abriu 3 a 0 em apenas 21 minutos de jogo. Ainda antes do intervalo, no entanto, levou dois gols. Após o intervalo, levou a virada por 4 a 3, conseguiu empatar, mas voltou a levar mais um, o que culminou no segundo revés do Brasileirão. Na coletiva, Renato admitiu que o problema decorreu da falta de concentração:

– O que ocorreu é que nos acomodamos. Paramos de competir. Começamos competindo, jogando. Quando tivemos a diferença, pensamos que não precisávamos mais correr. Futebol não é assim, tem 90 minutos e pagamos. Nós somos os culpados. E quando falo do grupo, eu me incluo. Não adianta achar culpado. Nós somos. Ponto. Próxima – declarou o treinador.

“Quando você tem tantas (falhas), paga por elas. Hoje foi inadmissível. Perdemos por 5 a 4 e demos mole demais” (Renato Gaúcho, sobre a derrota do Grêmio)

Renato Gaúcho em entrevista coletiva após a derrota do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Renato Gaúcho em entrevista coletiva após a derrota do Grêmio — Foto: Eduardo Moura

Ao longo da entrevista, Renato utilizou quase como um mantra a expressão “demos mole”, que já usou outras vezes para explicar tropeços do Grêmio. Ela foi repetida à exaustão. De acordo com o treinador, alguns jogadores, que evitou nominar, entenderam que o jogo estava decidido. O técnico também amenizou a falha de Júlio César no segundo gol do Fluminense. O resultado? Uma derrota que não era esperadas.

– Às vezes três, quatro, dão mole, acham que não precisa mais fazer o que foi determinado porque está 3 a 0 e sobrecarrega todo mundo. O primeiro (gol) foi um achado, o segundo falhamos e seguimos falhando. Quando você tem tantas (falhas), paga por elas. Hoje foi inadmissível. Perdemos por 5 a 4 e demos mole demais. E elogio toda a arbitragem. Estiveram todos bem – avaliou.

Com o resultado, o Grêmio soma apenas um ponto e ocupa o 18º lugar. Na próxima rodada, o Tricolor vai até São Paulo enfrentar o Corinthians. A partida será disputada no sábado, às 19h, na Arena. Antes, no entanto, volta a concentrar forças na Libertadores. Nesta quarta, às 19h15, o time recebe a Universidad Católica para tentar confirmar classificação às oitavas de final.


Comentários