Por Giovani Mattiollo
- Às 21:14
1

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

De “coração inteiro”. Esse foi o termo utilizado pelo técnico Renato Gaúcho ao falar sobre o procedimento cirúrgico ao qual foi submetido no sábado. Por meio de nota oficial, o técnico do Grêmio agradeceu o carinho recebido por torcedores.

Após passar por uma cirurgia no sábado para corrigir arritmia no coração, o técnico gremista deixou a Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) para um quarto neste domingo. E, a prosseguir com tal evolução, será liberado do hospital nesta segunda-feira, como revelou a nota do boletim do Hospital Moinhos de Vento.

– Quero agradecer a todos pelas manifestações de carinho que venho recebendo. São ligações, mensagens de voz, textos carinhosos das torcidas de todo o Brasil e até do exterior – comenta. – Temos um longo ano pela frente e é bom estar com o coração inteiro. Quero agradecer também a todos os médicos que cuidaram de mim com muita competência e carinho.

Renato, inclusive, projeta retorno rápido a rotina de treinamentos. Conforme a previsão médica, deve voltar às atividades no Grêmio em uma semana. Terá de tomar alguns cuidados, mas nada que prejudique as atividades.

– Graças a Deus a cirurgia foi muito bem sucedida e já já vou estar de volta ao trabalho – completa.

A cirurgia foi realizada no Hospital Moinhos de Vento, na capital gaúcha, e durou mais de quatro horas. Logo em seguida, o médico Leandro Zimerman, responsável pelo procedimento, concedeu uma entrevista coletiva acompanhado do médico do Grêmio, Paulo Rabaldo, para explicar detalhes. Segundo os médicos, a cirurgia foi bem-sucedida, sem maiores problemas.

– O Renato tinha uma arritmia do coração, chamada fibrilação atrial. Não era algo que causava algum risco imediato de vida. Mas é algo que eventualmente poderia trazer problemas no futuro, uma questão de se sentir mal, alguns riscos. Então se optou por fazer esse procedimento, uma cauterização de algumas regiões do coração. Foi absolutamente tranquilo, o resultado foi muito bom. A gente pretendia fazer um isolamento de quatro veias de uma parte do lado esquerdo do coração, isso foi atingido. Ele está acordado, conversando, já está brincando – afirmou Zimerman ainda no sábado.

Renato convive com o problema há quatro anos. Durante sua ausência, o auxiliar Alexandre Mendes deve comandar os treinos de pré-temporada do Grêmio.


Comentários